A Legião da Boa Vontade foi convidada para abrir o café de boas-vindas do 14º Encontro Nacional do Terceiro Setor (ENATS), realizado nesta terça-feira, dia 19, pelo (CeMAIS), com apoio institucional do SescIMG, integrado ao Sistema Fecomércio MG, Sesc e Senac. Na ocasião, o Coral formado por idosos atendidos pela Instituição abrilhantou o início da programação do evento.

Belo Horizonte/MG - Coral Ecumênico Boa Vontade canta no 14º Encontro Nacional do Terceiro Setor.

Nesta edição, sob o tema “Alianças Intersetoriais: conectando pessoas”, a programação do evento contou com apresentações de cases de sucesso, palestras e debates entre os diversos setores, com o objetivo de promover articulações para o desenvolvimento de parcerias para a execução de projetos sociais e construir soluções entre os três setores para questões socioambientais.

Marcela Giovanna Nascimento de Souza, diretora-presidente do CeMAIS.

Ao se apresentar, o Coral espalhou alegria e entusiasmo, encantando a todos que ali estavam. A diretora-presidente do Centro Mineiro de Alianças Intersetoriais (CeMAIS), Marcela Giovanna Nascimento de Souza, contou, emocionada, o que sentiu: “Eles vieram lembrar a todos os participantes que só vale a pena estar aqui pelo público atendido, por fazer ações que realmente geram resultados na sociedade, na comunidade. Foi maravilhoso poder tomar um café da manhã com aquelas pessoas cantando tão leves, tão sorridentes! ”

A promotora de Justiça de Tutela de Fundações de Belo Horizonte, doutora Valma Leite da Cunha, que participou do evento mediando o painel Filantropia para a justiça social: experiências de apoio a Organizações da Sociedade Civil e movimentos sociais no Brasil, afirmou: “O nosso trabalho não é fiscalizatório, nem punitivo, mas é um trabalho de orientação, de prevenção, de acompanhamento das instituições do terceiro setor, por entender a importância dos trabalhos realizados por eles”.

O advogado e Procurador- Geral do município de Belo Horizonte, doutor Tomáz de Aquino Resende.

Neste ano, o ENATS alcançou um número expressivo de participantes. O advogado e procurador-geral do município de Belo Horizonte, doutor Tomáz de Aquino Resende, enfatizou a importância da participação em um evento desta natureza: “Com o aumento dos problemas sociais é hora de unir o poder público, empresas e terceiro setor para buscar uma solução para o nosso país nessas áreas tão sensíveis, onde as demandas sociais são enormes e urgentes”.

Digite seu e-mail:

Entregue por Grupo BEZ