Artigos

 

Especialista em chás dá dicas para quem quer servir a bebida com excelência em casa

 

CURITIBA, 15/05/2018 – Você sabia que chá, no sentido estrito da palavra, é só aquele que se origina das folhas da planta Camellia sinensis? Todas bebidas preparadas com outras ervas e frutas devem ser chamadas de infusões. Você sabia que dependendo do horário que você tomar o seu chá, ele pode trazer benefícios para a sua saúde?

“Não é que exista um regra ou horário para o consumo da bebida, mas por exemplo, o chá preto consumido pela manhã estimula os neurotransmissores cerebrais que ajudam a dar energia. O chá verde após as refeições ajuda na digestão e é diurético e o chá e camomila à noite, ajuda a acalmar”, explica Simone Skorek, chef e proprietária da curitibana Chá com Alice.

Simone comenta, ainda, que na hora de preparar um chá, decidir entre infusão e decocção vai interferir diretamente na eficácia da bebida. Por isso, é bom você sempre levar em consideração o ingrediente que está sendo utilizado, já que ele também pode indicar a forma adequada de utilização. O método por infusão é o mais utilizado para os chás que usam a Camellia sinensis, ou mistura de ervas como melissa, camomila, capim limão, erva doce.  Já a decocção é usada quando usamos frutas, cascas e raízes para que saiam todos seus sabores e aromas.

Agora que você já sabe um pouquinho mais sobre os chás, como preparar o chá perfeito?

Etapa 1 – encha um infusor ou um saquinho para chá, (1 medida de colher de chá para cada xicara de chá), com o chá ou a infusão de sua escolha, coloque dentro de um bule de preferência de porcelana ou vidro, o metal pode alterar o gosto e as propriedades.

Etapa 2 – esquente a água na chaleira, sem deixar ferver, em torno de 85°C (quando as primeiras bolinhas começarem a subir)

Etapa 3 – jogue a água no bule, sempre em movimentos circulares para permitir uma maior entrada de oxigênio.

Etapa 4- Deixe a bebida descansar coberta, ela guarda os aromas e maiores propriedades. Cada bebida pede um tempo diferente, de 3 a 7 minutos.

A temperatura e o tempo do seu chá

 

Temperatura

Tempo

Chá preto

95-96°C

3-5 min

Chá verde

70°C

1-3 min

Chá branco

80°C

2-3 min

Infusão

100°C

5-7 min

Decocção

100°C

5-7 min

 

 

*Respeitar temperatura e tempo é importante para que as folhas de seu chá não fiquem queimadas e nem amargas.

 

Teresa Noviello, dermatologista e empresária

Alcançar o sucesso profissional não é uma caminhada fácil. São anos de estudos dedicados à formação, estágios, cursos, burocracias e especializações; um caminho árduo, porém, que traz extrema alegria e satisfação ao ser alcançado. Este desafio pode ganhar capítulos mais intensos para aquelas mulheres que, assim como eu, optam também por viverem o papel de mãe. Mesmo sendo uma das missões mais lindas e admiráveis, ser mulher, mãe e profissional de sucesso tornou-se, nos contornos atuais, uma missão um tanto quanto difícil.

De acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), há mais mulheres com dificuldade de encontrar trabalho do que homens; sendo que a taxa de desemprego para os homens no mundo é de 5,2%, enquanto para as mulheres é de 6%. Segundo o estudo Mulheres e o Mundo Corporativo, feito pela Robert Half, com 293 profissionais brasileiras, conforme 49% delas, menos de 5% das posições de liderança são ocupadas por mulheres em suas empresas. Como se não bastasse a complexidade em conseguir uma vaga de trabalho por ser mulher, dados do mesmo estudo apontam que 27% das mulheres encontram dificuldades na volta da licença-maternidade e há casos em que a funcionária é desligada após o período de estabilidade.

Apesar de exaustiva, a dupla jornada – profissional e mãe – é uma realidade cada vez maior. Quando fazemos o que amamos, o trabalho se torna prazer e ser mãe é um dos trabalhos mais prazerosos que pude vivenciar.  Há mais de uma década atuando como dermatologista, posso garantir que ser médica não é uma profissão fácil. Chegar em casa depois de um dia de atendimentos, aulas e workshops e deparar com todo aquele amor puro e verdadeiro, que é o que as crianças exalam, não tem preço. É revigorante e traz vida e sentido àquilo que fazemos, já que o que plantamos hoje é o que esperamos para o nosso futuro.

Como a jornada dupla como mãe e empresária já é realidade em muitas casas, alguns estudos mostram que a maternidade pode influenciar de forma satisfatória o campo profissional da mulher. É o que aponta a pesquisa feita pela Microsoft, em 2014, nos Estados Unidos, com 2 mil funcionárias e 500 empregadores. O estudo constatou que as mulheres melhoram o desempenho profissional após a chegada dos filhos.  Isso porque a capacidade de executar várias tarefas simultaneamente aumenta e a gestão otimizada do tempo e as relações cordiais com os outros colegas de trabalho também. Além disso, os empregadores concordaram que quem tem filho trabalha melhor em equipe do que quem não tem.

É uma jornada dupla, que requer jogo de cintura e rotina intensa. Como, além dos atendimentos como dermatologista, gerencio minha clínica e ministro palestras e workshops para outros profissionais da minha área e cirurgiões plásticos em todo o país, afirmo que é totalmente possível conciliar o sucesso profissional e a vida presente como mãe. Mesmo atuando como médica há 16 anos, faço questão de acompanhar passo-a-passo o dia-a-dia das minhas gêmeas.

Digite seu e-mail:

Entregue por Grupo BEZ