Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Por Henrique Mol

 

Desde os ides do século 19, as travessias marítimas em grandes transatlânticos fazem parte do imaginário dos apaixonados por viagens. Com os anos, os cruzeiros ganharam diferenciais em tamanho, cabines e serviços a bordo.

 

A temporada de cruzeiros no Brasil, que foi inaugurada no dia 04 de novembro e se estenderá até abril de 2015, traz consigo atrações inéditas, como viagens temáticas para os apaixonados por motociclismo, outro com aula de tênis a bordo e dois para a terceira idade. Entretanto, o maior e melhor diferencial desse tipo de viagem, sem dúvida, foi torná-la um meio de transporte democrático, acessível a todos os bolsos. Ainda assim, é preciso cautela para contabilizar os gastos que podem, eventualmente, constranger o orçamento.

 

De fato, não há quem possa competir com os cruzeiros em termos de custo-benefício. Por mais caro que possa parecer, o cruzeiro é, em si, um pacote completo, com serviços que abrangem atendimento, hotelaria, toda a abundância em conforto, entretenimento - festas, jantares, quadras esportivas, piscinas, academia, spa, teatro e outros que variam entre as companhias - e refeições inclusas.

 

No Costa Favoloso, por exemplo, se investem ainda em outras dimensões. Em sua cartilha de serviços estão cinema 4D e simulador de golfe. Já no Splendor of the Seas, Romero Britto assina embaixo em uma loja exclusiva do artista, além de parede de escalada e campo de golfe.

 

Ademais, não é nada trivial a vivência que se tem a bordo. Em termos de experiências culturais, os navios são a própria personificação da globalização. Pessoas do mundo inteiro em atividades de interação, ao estilo do que promoverá a Splendour of the Seas (saída prevista no dia

13/03 de Santos), com atividades gastronômicas entre os viajantes. Nos jantares a bordo, uma babilônia de idiomas.

 

Em termos logísticos, a possibilidade de conhecer vários lugares - o MSC Poesia, por exemplo, que desembarcará no dia 06/12, em Santos, percorrerá Punta del Este, Buenos Aires, Montevidéu e retornará a Santos. Isso tudo sem limitação de bagagem, muitas vezes eliminando o ritual de imigração, que se limita à apresentação do cartão de bordo sem o passaporte.

 

Para falar em valores, os preços variam entre R$ 1.599 até valores superiores a R$ 3.000 para destinos latino-americanos. Cifras acessíveis, se levarmos em consideração os parcelamentos oferecidos pelas agências de turismo. Na Encontre Sua Viagem, elas chegam a 24x.

 

Entretanto, assegure-se de contabilizar em seu orçamento os custos com o translado até o local de embarque; gorjetas; despesas não inclusas no pacote, como é o caso das bebidas alcoólicas, salão de beleza, lavanderia, acesso à internet, bem como as compras a bordo. Há lojas das mais variadas grifes e com preços bem mais em conta. A Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Abremar) indica uma média de gastos extras diários em torno de 25 dólares, dos quais 8 dólares direcionados às gorjetas.

 

A nova cara do turismo: dinâmico e pagando o justo. Essa é a proposição que mais se adéqua às viagens em cruzeiros. Felizmente, há para todos os gostos e bolsos.

Henrique Mol é especialista em turismo e sócio-fundador da Encontre Sua Viagem, franquia de turismo.

Site de vendas da Encontre sua Viagem:

  1. encontresuaviagem.com.br

Central de Atendimento: 0800 603 1232

 

Site de informações da franquia:

  1. encontresuafranquia.com.br

Copyright © 2019 Tribuna de Betim - Notícias. Todos os direitos reservados.
Grupo BEZ Tecnologia e Soluções. Betim - MG - Brasil