Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Em sua segunda edição, exposição traz obras que retratam o olhar das  pessoas em situação de rua sobre a rotina na cidade onde moram.

O Museu Paulo Araújo Macedo Gontijo recebe a exposição “Artistas de Rua”, até 20 de novembro. A proposta é oferecer visibilidade à população em situação de rua de Betim e trazer à tona os desafios enfrentados por uma parcela da sociedade em seu cotidiano na cidade. A exposição é realizada pela Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), por meio do Centro de População de Rua (Centro POP) e conta com o apoio da Fundação Artístico-Cultural de Betim (Funarbe).

A exposição foi pensada como forma de divulgação das 25 produções artísticas, entre pinturas em tela, artesanatos com latinhas recicláveis, flores em EVA, dobraduras de papel reciclável, e exposições fotográficas, confeccionadas pelos usuários do Centro Pop. Os artistas participam das oficinas, oferecidas dentro da unidade e com o acompanhamento de educadores sociais, como meio de expressão de suas mais diversas vivências, demonstrando visões e sentimentos sobre Betim.  

 

 

Inclusão:

De acordo com o coordenador do Centro Pop, Tarcísio Pimentel, o setor firmou parceria com a Superintendência de Habitação para promover a política pública destinada às pessoas em situação de rua de Betim. “Já conseguimos colocar 23 pessoas no programa de aluguel social da Superintendência de Habitação e, com isso, contribuímos para restaurar e preservar a integridade e a autonomia da população em situação de rua, promovendo ações para a reinserção familiar ou comunitária”, revela.

As famílias ou grupo de pessoas em situação de rua recebem o acompanhamento pelas técnicas do Centro Pop, e estes são encaminhados aos diversos serviços oferecidos pelo município, como as vagas de emprego oferecidas na Superintendência Trabalho, Emprego e Renda (Seter).  

Em Betim, as pessoas em situação de rua recebem o tratamento respeitoso e inclusivo por parte da administração municipal, conforme conta a secretária municipal de Assistência Social (Semas), Fabiane Quintela. “As tratativas públicas adotadas com as pessoas em situação de rua tem sido realizadas com muito respeito. Hoje, elas são atendidas adequadamente pela equipe do Centro POP, em conjunto com os outros equipamentos do Poder Executivo, bem como os outros entes públicos e, principalmente, com as organizações da sociedade civil (OSC's). O aluguel social é inédito para esse público em Betim. Temos avançado muito e queremos mais. E de antemão, em breve, virão mais notícias boas por ai”, adiantou.

Doações:

Ainda de acordo com Tarcísio Pimentel, o Centro Pop recebe doações dos moradores de Betim, tais como: geladeiras, fogão, botijão de gás, camas, sofás, televisão e outros para mobiliar as casas.

II Exposição “Artistas de Rua”

06 a 20 de novembro de 2017

Museu Paulo Araújo Gontijo

Avenida Governador Valadares, 1115 – Centro. Informações: 3591-1224 


Copyright © 2019 Tribuna de Betim - Notícias. Todos os direitos reservados.
Grupo BEZ Tecnologia e Soluções. Betim - MG - Brasil