Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Estudo do Unicef sobre mortes de jovens entre 12 e 18 anos aponta que Brasil pode ter mais 43 mil vítimas até 2021. Em Minas, Betim lidera, com 7,95 mortes por mil, seguida por Coronel Fabriciano (7,14), Governador Valadares (6,54), Ribeirão das Neves (6,25) e Muriaé (5,81). Em BH, o índice é de 3,10

 

Um flertou com oportunidades de novas vivências, mas voltou ao mundo do crime e foi assassinado em um acerto de contas com o tráfico. O outro deixou para trás a inocência da infância e as peladas nas ruas do bairro com os amigos para também entrar no universo das drogas e ter a vida interrompida abruptamente. As histórias são contadas por dois educadores de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, que viram, nos últimos tempos, jovens de seus relacionamentos pessoais ou profissionais terem a vida ceifada pela violência. 

Fruto de um roteiro em comum, se tornaram estatística e engrossaram o índice de Uai


Copyright © 2019 Tribuna de Betim - Notícias. Todos os direitos reservados.
Grupo BEZ Tecnologia e Soluções. Betim - MG - Brasil