Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

 

 

Crianças, adolescentes e jovens adultos de Betim e Contagem que sonham com a carreira artística terão a oportunidade de participar da seleção do Projeto Passarela no próximo dia 1 de fevereiro (sexta-feira) na região metropolitana de Belo Horizonte. A seletiva será realizada na Rodovia Fernão Dias, 3443, no Jardim Riacho das Pedras, em quatro audições às 14, 16, 18 e 20 horas. Os horários devem ser selecionados pelos candidatos, conforme a disponibilidade. Porém, a organização recomenda aos interessados comparecerem com 15 minutos de antecedência.

 

A seleção percorre todo o território nacional para formar profissionais do mundo artístico e selecionar os mais promissores atores e atrizes; modelos; cantores de musicais; youtubers e bailarinos para o MGT Encontro. Considerado o maior encontro de talentos do mundo, o evento será realizado em Brasília com a coordenação de Marcelo Germano, que, além de Larissa Manoela, já revelou atrizes e apresentadoras famosas como Gabriella Mustafá, Bela Fernandes, Lorena Queiroz e Marcelle Bittar.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Estão disponíveis Casas e Apartamentos com Opções de Pagamento em até 420 meses

 

Os leilões de imóveis são uma excelente oportunidade para quem deseja realizar o sonho de ter a casa própria, além de serem também um ótimo investimento. Os leilões da SOLD, tradicional leiloeira, oferecem valores bem abaixo do mercado e opções de pagamento parcelado.

 

Há oportunidades em Uberlândia, Montes Claros, Juiz de Fora, Betim, Ituiutaba, Pouso Alegre, Santa Luzia e Teófilo Otoni com lances a partir de R$ 91 mil e desconto de 10% no caso de pagamento à vista. A data de encerramento será dia 30/01/19.

 

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Estimativa de arrecadação do imposto é de R$ 5,44 bilhões para uma frota de 9,7 milhões de veículos

 

O Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2019 começa a vencer, em Minas Gerais, nesta segunda-feira (14/1), a partir dos finais de placa 1 e 2. A escala segue, sempre com dois finais de placa por dia, até sexta-feira (18/1). Os contribuintes poderão optar por quitar o tributo à vista (parcela única), com desconto de 3%, ou pagar de forma parcelada, sem o desconto. Os servidores públicos do Poder Executivo estadual que não tiveram o 13º salário pago pelo governo anterior poderão quitar o imposto até o dia 30 de abril.

Em comparação ao IPVA 2018, houve uma redução média de 3,17% do imposto, levando-se em conta a depreciação dos veículos. Os valores são calculados por técnicos da Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais (SEF/MG), subsidiados pela tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), da Universidade de São Paulo (USP).

A estimativa de arrecadação do IPVA 2019 é de R$ 5,44 bilhões. Em relação a 2018, esse valor representa aumento de 7% - R$ 356 milhões a mais. A frota tributável de IPVA teve um aumento de 370 mil veículos (3,95%), na comparação com o ano passado, totalizando 9.738.023.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Nota contra a operação de retirada forçada de companheiras e companheiros em situação de rua que moram na praça do viaduto Jacintão em Betim/MG

O Movimento Nacional da População em Situação de Rua, o Centro Estadual de Defesa dos Direitos Humanos da População em Situação de Rua e Catadores de Materiais Recicláveis de Minas Gerais e entidades parceiras vem a público manifestar preocupação e repúdio em relação à ação prevista para o dia 14 de janeiro de 2019, segunda-feira, às 07:30h, que visa a retirada forçada de companheiras e companheiros em situação de rua da Praça do Viaduto Jacintão, no município de Betim/MG. Tal ação deve contar com a participação da Prefeitura do Município de Betim e das forças de segurança pública.
Temos recebido diversas denúncias de pessoas em situação de rua, relatando terem sido retiradas de forma truculenta de diferentes áreas centrais da cidade, por funcionários públicos da Prefeitura Municipal e da Segurança Pública, incluindo aqueles que trabalham em unidades que deveriam garantir os direitos desta população.
É importante dizer que as pessoas em situação de rua ainda que precariamente lutam para ter sua moradia em razão da ausência de políticas públicas habitacionais efetivas e de qualidade. Ressaltamos que abrigos e repúblicas, apesar de sua importância, não são moradias e o poder público tem o dever constitucional de garantir o direito à habitação dessas pessoas e não retirá-las sem nenhuma garantia de moradia digna e sem diálogo.

Nessa praça, se encontra a casa do Sr. Adão, representante do Movimento Nacional da População em Situação de Rua em Betim e integrante do Comitê Estadual da População em Situação de Rua de Minas Gerais, sendo a sua permanência neste local, símbolo da resistência da população em situação de rua contra as práticas higienistas perpetradas no município.
Diante disso, gostaríamos de contar com o apoio dos diversos movimentos sociais, como os de moradia e direitos humanos, das organizações parceiras da sociedade civil e de instituições comprometidas com a garantia de direitos, buscando garantir a dignidade, os direitos e a segurança das companheiras e companheiros durante a operação, bem como a abertura de canal de diálogo com o Poder Público.

Assinam esta nota:

Movimento Nacional da População em Situação de Rua
Centro Estadual de Defesa dos Direitos Humanos da População em Situação de Rua e Catadores de Materiais Recicláveis de Minas Gerais
Pastoral de Rua
Coletivo Margarida Alves
Brigadas Populares
Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas

Frente Brasil Popular - Betim

Com a palavra Prefeitura de Betim

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Um caminhão acoplado a um guindaste, que estava sendo usado em uma obra às margens da Via Expressa, em Betim, na Grande BH, tombou e interditou completamente a avenida no início da tarde deste domingo (6). Ninguém se feriu.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, parte da estrutura metálica do guindaste está suspensa e há o risco de queda sobre a Via Expressa. O trânsito foi interditado nos dois sentidos para eliminar riscos próximo ao hospital Mater-Dei, no bairro Duque de Caxias. O tráfego no trecho já estava impedido nas duas faixas centrais por causa da construção de uma passarela. 

Os motoristas que precisam passar pelo local vão contar apenas com as pistas marginais.

Em nota, a prefeitura de Betim informou que o guindaste trabalhava em mais uma etapa da construção de uma passarela que vai ligar os dois lados da Via Expressa, na altura do bairro Duque de Caxias e que por volta das 11h, uma das vigas colocadas se desprendeu da estrutura.

Ainda segundo o comunicado, desde o início dos trabalhos, às 7h deste domingo, equipes da diretoria de Transporte e Trânsito da Ecos sinalizaram o local, desviando o trânsito para as marginais, com o auxílio da Polícia Militar de Minas Gerais.

Após o acidente, engenheiros e técnicos das empresas responsáveis, acompanhados pelo Corpo de Bombeiros, estão no local para definir a retirada segura da viga para dar continuidade aos trabalhos. A previsão, segundo a prefeitura, é que tudo seja normalizado após às 21h.

 

 

Hoje em Dia