Uma Voz de Betim

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Dizem que pai não é aquele que faz, e sim aquele que cria. 

Se for para dizer que pai não é aquele que contribuiu apenas com o espermatozoide, está corretíssimo.

Pai é sim, aquele que faz.

O filho entender que a vida precisa ser repartida, e dá exemplo repartindo a sua com aquele que gerou.

Que acompanha o crescimento do filho, e cuida com carinho como se fosse pai e mãe ao mesmo tempo

Que não reclama. e vai para o trabalho depois de uma noite mal dormida, porque o filho insistiu em ficar acordado,

ou porque ficou tentando aliviar uma dor que ele sentia.

É aquele que sabe dosar não dando presentes por qualquer motivo, não dando castigo demais, ou carinho de menos; que afaga os cabelos e diz eu te amo,

chama a atenção do filho para que o mesmo conheça os limites impostos pela vida.

Sem aprisionar.

Sem traçar o rumo definitivo.

Mostrando ao filho as várias facetas da sobrevivência, sem impor,

lhe faz refletir para escolher o caminho que quer trilhar.

Quem ama dá asas de liberdade para os seus amados.

Não se sente à vontade quando se senta em uma mesa de bar para tomar uma cerveja,

e fica incomodado achando que esse dinheiro gasto poderia ter sido usado para comprar algo que o filho tanto deseja.

Pai não tem necessariamente que ser um professor, mas sem sombra de dúvida. tem que ser um pouco psicólogo,

para saber lidar com as mudanças de comportamento próprias de cada idade. Para saber incentivar na hora do fracasso e comemorar com o filho quando o mesmo alcança o sucesso.

Sem medir o tamanho.

Todos os pais, os futuros pais e seus filhos, precisam entender que a vida não é feita só de sucessos.

Precisamos fracassar algumas vezes para conhecermos nossa limitação.

Precisamos vencer algumas vezes para darmos a volta por cima, e sentirmos que somos capazes de realizar tudo que queremos.

Se todos os pais soubessem valorizar a virtude dos filhos, os aconselhassem, e os ajudassem quando se vissem diante de uma encruzilhada.

Com certeza muitos não estariam abandonados em um asilo qualquer, e muitos filhos não estariam sendo escravos das drogas e do crime.

Feliz dia dos pais.

Parabéns a todos que sabem, e gostam de ser.

Pai.

Um abraço, paz e bem.

 

GERALDO RIBEIRO

Minha foto
Tenho 69 anos, nasci e moro em Betim - Minas Gerais- Brasil Escrevo simplesmente por prazer, e para denunciar a Injustiça Social que causa a pobreza do nosso povo.Sou casado com Patrícia com quem tenho 03 filhos
Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Algumas palavras deveriam ser banidas do vocabulário, e de todos os dicionários do mundo. 
A palavra GRATIS deveria ser a primeira. 

Vocês conhecem alguém que deu ou recebeu alguma coisa realmente de graça? 

Nas prateleiras dos supermercados é comum vermos anúncios como este: Compre quatrocentos (400) gramas e leve quinhentos (500) gramas. 

Isso pode ter algum fundo de verdade? 

Que empresa colocaria sua linha de produção para fabricar qualquer produto para ser distribuído em todos os locais de venda do país, sem realmente ganhar nada em troca? 

Quem coloca sua linha de produção para trabalhar de graça? 

Será que gostam tanto assim do consumidor? 

As empresas de telefonia então, devem achar que nós brasileiros somos todos idiotas, e devemos ser mesmo, pois a menos que alguém me prove o contrário, de cada dez aparelhos habilitados, sete não servem e não são usados para nada importante. 

Uma criança de sete anos precisa de um celular, para quê? 

Simplesmente para deixar de ser criança! 

Os anúncios então, só faltam nos colocar um nariz de palhaço: Habilite uma linha e ganhe o aparelho de graça, ou fale tantos minutos sem pagar. 

E tem gente que acredita! 

As multinacionais vieram para o Brasil e compraram nossas empresas a preço de banana, agora estão com a consciência pesada e querem se redimir? 

Pelo que me consta, elas vieram porque aqui é o paraíso das tramoias e das falmacutaias. 

Outra palavra que me irrita é: DESCONTO. 

Placas e cartazes oferecendo descontos de até oitenta (80) por cento é uma afronta à inteligência dos consumidores. 

E tem gente que acredita!

E muitos gostam! 

Que fábricas, principalmente as de roupa e calçados podem vender com tanto desconto, se o ano inteiro juram estarem no vermelho? 

Os profissionais de orçamento e compras são tão competentes assim, que conseguiram desconto tão grande dos seus fornecedores de matéria prima? 

Ou os profissionais de criação, vendas e marketing são tão incompetentes, que fabricaram mais do que podiam vender, e precisam distribuir o produto de graça para liberar espaço nas prateleiras? 

Façam-me o favor... 

O absurdo é o treinamento que os vendedores recebem para tentar nos convencer que sua empresa consegue fabricar um produto para nos vender em dez pagamentos, ou à vista, pelo mesmo preço. 

Isso é simplesmente uma idiotice. 

De quem diz. 

E de quem acredita. 

Certa vez, ao comprar um eletrodoméstico, o vendedor de uma das maiores redes do país tentou me provar que isso era verdade, comprei em dez pagamentos, e sem sair da loja me dirigi ao caixa e liquidei todas as prestações, e com isso tive um desconto dez por cento que foi concedido por ter pago as prestações antes do vencimento. 

E muita gente chama isto de desconto. 

Eu chamo de roubo. 

Portanto, em se tratando de compra e venda, não existe nada grátis, e empresa nenhuma dá qualquer tipo de desconto. 

Pode acontecer de alguém doar alguma coisa. 

Isso é filantropia. 

Caridade. 
Quem recebe não poderá nunca dizer que recebeu de graça. 

Pois a graça vem do céu para quem recebeu, e mais ainda, para quem doou. 

De graça mesmo só o que vem do alto, e desconto quem dá é Deus, e há muito tempo, senão já teria acabado com esse mundo. 

Quem ler este texto, não o recebeu de graça, estará pagando a energia elétrica consumida pelo computador. 

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Hoje, 07 de novembro de 2017, fiquei com mais vergonha de ser brasileiro, e principalmente de ser betinense. Parece que uma força maior queria que eu estivesse ali para denunciar e mostrar o calvário dos pobres em busca de um alivio para suas dores. De manhã, fui à UAI-7 procurar uma pessoa que segundo informação, teria sido hospitalizada nesta cópia fiel dos locais de tortura do holocausto. Não a encontrei, mas fiquei abismado com o tamanho do descaso e desumanidade dos administradores que tratam o ser humano como lixo. e do abandono das pessoas que imploram por socorro. Desumanidade que mata pessoas inocentes, e colocam profissionais comprometidos com a vida a serem obrigados a assistir a morte ceifando vidas que poderiam ser salvas, se a unidade não estivesse jogada às traças, com suas prateleiras de materiais e medicamentos vazias de tudo.

Um funcionário me disse: “Olha, Sr. Geraldo, se você pensa que em 2003/2004, quando trabalhou no hospital, a coisa era ruim, multiplique por mil, agora está insuportável, constantemente assistimos a morte de pessoas por falta de medicamento.
Conversando com um usuário, o mesmo disse que havia chegado às 05:00 da manhã sentindo muita falta de ar, eram 10:00 e ainda não tinham sequer verificado sua pressão arterial por falta de um simples aparelho que não custa mais do que cem reais.
Um outro usuário sentado na sala espera, chorava copiosamente reclamando de dores fortes no peito e nas costas, para os outros parecia que ele era invisível, eu o conduzi imediatamente para ser medicado, se foi não posso dizer, sinceramente espero que o mesmo não tenha morrido.
A população também tem sua parcela de culpa neste caos, em todas eleições se elegem políticos que nunca tiveram compromisso com os pobres, principalmente nessa última, onde votaram no candidato bilionário, “porque ele é muito rico e com certeza não irá roubar”. Façam, me o favor, o brasil está nessa merda simplesmente porque os políticos ladrões acumulam milhões e porque a ganancia desses assassinos não tem limite. A insensibilidade das pessoas é tanta, que a maioria só se preocupa com o sucateamento da saúde quando precisa de atendimento para si ou para um parente mais próximo.
Com as pessoas morrendo por falta de medicamento e de material, como é que alguém pode achar viável a construção de um aeroporto para os milionários e políticos da cidade?
Precisamos lutar contra o sistema que oprime os pobres, se não lutarmos contra os políticos e empresários que olham apenas os seus bolsos e para suas contas bancárias, a vida, principalmente dos mais jovens, vai ficar cada vez mais insuportável.
Eu sempre chamei o SUS de Sistema Ùnico da Sacanagem, onde o dinheiro é roubado, os ricos são atendidos como nos melhores planos privados. Podem ter certeza, se você ouvir alguém elogiando o SUS. é porque essa pessoa tem algum conhecido na rede, ou é puxa saco de algum político sacana.
Parece que hoje fui chamado a escrever. As 17:00, na caminhada do dia a dia, passando na frente do hospital regional, deparei com várias faixas: OS MÉDICOS DO HOSPITAL NÃO ACEITAM A DIMINUIÇÃO DE SALÁRIO IMPOSTA PELO PREFEITO E PELA ADMINISTRADORA. Em menos de uma hora, passando novamente diante do hospital pude constatar que elas haviam sumido, perguntei apenas para ouvir o obvio, foram arrancadas a mando da prefeitura.
E fica a pergunta...
Deveriam diminuir os salários do prefeito, (dizem que ele trabalha de graça, kkkkk) do vice, que já nasceu mamando nas tetas do governo, dos Secretários e de muitos servidores com cargos comissionados, e principalmente dos vereadores que não servem para nada.
Hoje de manhã, e como deve ser todos os dias em todas as unidades de saúde e no hospital, A UAI SETE parecia uma filial do inferno.

 

Por Geraldo Ribeiro


Minha foto

Tenho 67 anos, nasci e moro em Betim - Minas Gerais- Brasil. Premiado em 1990 no Concurso Literário PROJETO BATEIA da Prefeitura de Betim-MG . Escrevo simplesmente por prazer e para denunciar a Injustiça Social que causa a pobreza do nosso povo.Sou casado com Patrícia com quem tenho 03 filhos. Participei como co-autor em cinco coletâneas de diversas editoras.

Você pode mandar seu comentário também par ao e-mail. Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..



Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Eu queria que todo dia fosse natal 
para que a paz fosse lembrada, 
a solidariedade praticada, 
e o amor repartido. 
Eu queria que todo dia fosse natal, 
para que as pessoas se encontrassem, 
para se abraçarem de verdade, 
num encontro alegre e festivo, 
de quem estava com saudade. 
Eu queria que todo dia fosse natal, 
e não ter que esperar um ano inteiro, 
para ganhar um presente, 
um afago, 
um abraço, 
um beijo, 
Eu queria que o aniversariante, 
viesse todos os dias

participar desta festa 
que é natal, e que só tem sentido, 
ao ser celebrado em família, 
que partilha, 
sendo parente, 
ou não! 
Feliz Natal.

Por Geraldo Ribeiro


Minha foto

Tenho 67 anos, nasci e moro em Betim - Minas Gerais- Brasil. Premiado em 1990 no Concurso Literário PROJETO BATEIA da Prefeitura de Betim-MG . Escrevo simplesmente por prazer e para denunciar a Injustiça Social que causa a pobreza do nosso povo.Sou casado com Patrícia com quem tenho 03 filhos. Participei como co-autor em cinco coletâneas de diversas editoras.

Você pode mandar seu comentário também par ao e-mail. Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Comecei a publicar o que escrevo no ano de 2005, depois de trabalhar no hospital público da minha cidade, e ver o quanto dos pobres sofrem nas garras do famigerado SUS – Sistema Único da Sacanagem, onde os pacientes ricos e sovinas, os parentes e os puxa sacos de políticos tem preferência.

Achei que já tinha falado tudo sobre corrupção e falmacutaia (leia-se: Falcatrua e Maracutaia). Mas a ganancia da maioria dos políticos e de alguns empresários gananciosos foram além do que nós, pobres mortais, poderíamos imaginar. Tivemos dois presidentes oriundos da esquerda, mas a cúpula do partido dos trabalhadores também se deixou levar pelo canto da sereia da corrupção, e perderam a chance de transformar o brasil em país de primeiro mundo. Mas a ganancia do PSDB e principalmente do ladrão Aécio Neves em tomar o poder foi tamanha que derrubaram a presidenta e deram brechas para que a justiça pudesse investigar mais a fundo os crimes cometidos contra o povo.

O que estamos assistindo agora chega às raias do absurdo, um presidente ladrão por duas vezes comprando voto de seus comparsas para não ter o mandato cassado. Tudo isso com a conivência do Superior Tribunal de Justiça, cujos juízes mais parecem bonecos de marionete que julgam de acordo com os interesses dos mais poderosos. Em momento algum podemos observar algum consenso, ladrões assassinos são presos por um juiz e solto por outro, então, qual do dois não soube interpretar a lei?

Um político ladrão exercendo seu mandato confortavelmente sentado em sua poltrona, causa mais destruição que um traficante de drogas comandando sua quadrilha espalhadas pelas periferias das cidades. Deixar um corrupto solto é pior do que deixar um líder de traficantes fora das grades, porque, a cada segundo está morrendo alguém em um hospital sucateado porque a verba da saúde foi roubada. A cada segundo alguém está morrendo vítima da violência que não pode ser combatida porque sua verba foi roubada. A cada segundo um ex-trabalhador desempregado está saindo como um louco pelas ruas, com o pedido de um pedaço de pão feito pelo filho, ressoando em seus ouvidos. E isso por culpa única e exclusivamente dos políticos ladrões, que cada vez mais aumentam a carga tributária, e muitas vezes cobram propinas de empresários que não conseguem manter suas empresas funcionando.

 

Quero fazer um apelo a todas as pessoas que lerem esse texto, anotem os nomes dos políticos ladrões e comparsas dos Chefes Temer e Aécio,  e outras centena de ladrões,  para que nenhuma dessas crias do demônio se elejam nas próximas eleições. Fiquem atentos também para os partidos que mudarem de nomes para enganar o eleitor,

Vai demorar muito para o trem descarrilhado brasil entrar novamente nos trilhos, e a próxima eleição será no ano que vem. Se depois da apuração, o nome de muitos ladrões voltarem a fazer parte dos eleitos, vou me silenciar para sempre.

 Tenho 67 anos, nasci e moro em Betim - Minas Gerais- Brasil. Premiado em 1990 no Concurso Literário PROJETO BATEIA da Prefeitura de Betim-MG . Escrevo simplesmente por prazer e para denunciar a Injustiça Social que causa a pobreza do nosso povo.Sou casado com Patrícia com quem tenho 03 filhos. Participei como co-autor em cinco coletâneas de diversas editoras.