Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Crime ocorreu na Vila Bemge durante a noite. Jovem de 21 anos que morreu já teve passagens pela polícia

Motorista e passageiro foram baleados dentro de HB20 na Rua Cristália (foto: Reprodução da internet/Google Maps)

Um motorista de 29 anos, que presta serviços por meio de um aplicativo, e um passageiro dele, de 21, foram baleados na noite dessa quinta-feira no Bairro Vila Bemge, em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O mais novo, que já tinha passagens pela polícia, segundo um parente, morreu no hospital.

O crime ocorreu por volta das 19h20 na Rua Cristalia. De acordo com a Polícia Militar (PM), as vítimas foram encontradas dentro de um HB20 e foram levadas para um hospital no Bairro Jardim Teresópolis, onde a vítima morreu. Josué Silveira da Cruz, de 21 anos, tinha pelo menos 12 perfurações pelo corpo, conforme um cirurgião. A polícia foi informada que Josué já teve várias passagens pela polícia quando era menor de idade e tinha ligação com crimes no Aglomerado do Marimbondo, em Contagem. 

A outra vítima foi atingida por vários disparos e precisou ser transferida para o Hospital Regional de Betim. De acordo com a PM, durante uma breve conversa ele disse que o atirador desembarcou de um Siena e usava touca ninja. O comparsa dele permaneceu ao volante. 
 
O motorista tentou fugir quando os disparos começaram, mas subiu na rampa de concreto da calçada da rua e bateu em um muro. Sem controle, o veículo também atingiu um Palio estacionado na via. 
 
Ao verificar o celular da vítima, os policiais descobriram que ele estava atendendo uma corrida para aquele endereço que foi solicitada por uma mulher. No entanto, o morador do imóvel disse aos policiais não conhecer ninguém com o nome da cliente. 
 
Ainda de acordo com a Polícia Militar, no local do crime foram recolhidos 27 cartuchos de munição calibre 9 milímetros. Eles também apreenderam um pino de cocaína, que seria do homem que morreu. O carro foi levado para um pátio da Polícia Civil e a ocorrência foi registrada na Delegacia de Homicídios de Betim. 
 

Uai