Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

A Copasa informa que o abastecimento de água nos bairros Braúnas, Garças e Trevo, em  Belo Horizonte; no bairro Xangrilá, em Contagem; e nos bairros Chácaras Bom Retiro, Conjunto Nova Pampulha, Dona Clarice, Eliane, Fortaleza, Granjas Primavera, Santa Izabel, Viena, Vila Bispo de Maura e Vila Real, em Ribeirão das Neves, foi interrompido nesta terça-feira (15/05) para manutenção na rede de água, no bairro Conjunto Nova Pampulha.

A previsão é que o abastecimento seja normalizado, de forma gradativa, até o final da tarde de hoje (15/05/2018).

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

 

Mall lança, pela primeira vez, promoção voltada exclusivamente para o segmento alimentício, com troca de brindes e cardápio especial

As áreas de alimentação dos shoppings centers sempre foram um estímulo para a circulação dos clientes. Percebendo esse grande potencial e sabendo da qualidade de seus estabelecimentos, o BH Shopping lança, pela primeira vez, uma ação promocional integralmente voltada para o segmento: o Festival de Sabores.

Entre os dias 15 e 27 de maio, quem consumir R$200,00 nas lojas de alimentação, bebidas ou que comercializem esses artigos, ganha uma linda Wine Bag. Além disso, 13 estabelecimentos prepararam combos especiais no valor de R$49,90: Lucca, Parrilla Portena, California Coffee, Mondeo, Mania de Churrasco, Tradição Grill e Beer, Minas Grill, Trattoria e Grill, Applebees, Assacabrasa, Giraffas, Ben&Jerry´s e Croasonho preparam um cardápio exclusivo para o Festival.

Além disso, quem quiser aprender mais sobre vinhos, cafés e alimentação saudável pode participar das aulas gratuitas que o Festival de Sabores vai oferecer no novo espaço Gourmet da loja Camicado.  Os detalhes do regulamento, dos cardápios e das inscrições das aulas podem ser acessados no site bhshopping.com.br/festivaldesabores.

SERVIÇO

 Festival de Sabores BH Shopping

15 a 27 de maio

Combo: R$49,90

Promoção: a cada R$200,00 em consumo na praça de alimentação o cliente ganha uma wine bag. Um brinde por CPF com retirada até o dia 27 de maio ou enquanto durarem o estoque de 2.800 unidades.

Combos das lojas: Lucca, Parrilla Portena, California Coffee, Mondeo, Mania de Churrasco, Tradição Grill e Beer, Minas Grill, Trattoria e Grill, Applebees, Assacabrasa, Giraffas, Ben&Jerry´s, Croasonho.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

 

Reunião nesta terça (24) quer apurar possíveis prejuízos da medida para motoristas e passageiros na RMBH.

A ausência de cobradores em linhas de ônibus em período integral ou fora dos horários permitidos será discutida nesta terça-feira (24/4/18), às 14h30, em audiência pública da Comissão de Participação Popular sobre a situação do transporte coletivo na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). A reunião será no Auditório da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

3298 Betim BH
Foto: Daniel da Silva/Ônibus Brasil

“Há relatos de que os motoristas passaram a desempenhar múltiplas funções, como conduzir o coletivo, cobrar, receber, dar trocos, liberar catraca e ainda operar elevador de cadeirantes. Precisamos debater até que ponto isso é prejudicial”, afirma o deputado Doutor Jean Freire (PT), presidente da comissão, que solicitou a audiência.

O deputado destaca que a intenção da comissão é discutir a fundo as consequências da ausência de cobradores para motoristas e passageiros. Para isso, são aguardados na audiência representantes do poder público e ainda de trabalhadores, empresas de transporte e usuários do sistema.

Segundo o parlamentar, o requerimento da reunião foi proposto a partir de demanda apresentada por integrantes do Movimento Volta Cobradores de Contagem, onde várias linhas já estariam circulando sem os agentes de bordo, a exemplo do que estaria ocorrendo gradativamente em Belo Horizonte durante períodos diurnos.

Polêmica - A retirada dos cobradores do transporte coletivo tem gerado controvérsias. No caso de Belo Horizonte, as linhas do sistema BRT Move e veículos especiais podem operar sem o cobrador em período integral, conforme a Lei Municipal 10.526, de 2012. Para as demais linhas, a ausência do cobrador seria restrita ao horário noturno, domingos e feriados.

Representantes dos trabalhadores e de usuários, contudo, falam em desrespeito à norma, o que já teria provocado centenas de demissões de cobradores na Capital, resultando em sobrecarga para motoristas e riscos para passageiros. Mencionam, ainda, que as viagens sem cobrador também durante o dia seriam uma forma de pressão das empresas sobre o poder público, para que seja autorizado um aumento nas passagens.

Já a Prefeitura de Belo Horizonte divulgou em março que teria sido acordado com as empresas que não haveria a extinção de postos de trabalho, mas sim a requalificação dos cobradores. "A Prefeitura de Belo Horizonte está atenta ao problema dos cobradores e esclarece que, em acordo com as empresas, não haverá as demissões alardeadas", aponta o comunicado.

Segundo a PBH, atualmente cerca de 80% dos usuários do transporte coletivo já utilizam o cartão BHBus para fazer as suas viagens.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

O público pediu e o Botecar será prorrogado por mais duas semanas

 

Os amantes dos bares de Belo Horizonte terão um tempo extra para degustar os tira-gostos inscritos na competição deste ano. Em sua quinta edição, o evento que movimenta 38 bares de diferentes regiões da capital teve o prazo de votação prorrogado até 12 de maio.

De acordo com Antônio Lúcio Martins, organizador do festival, a decisão de estender o Botecar deveu-se à demanda do público. “Os clientes nos pediram para aumentar o prazo de votação, uma maneira dos botequeiros conhecerem todos os pratos oferecidos pelo festival”.

Um balanço prévio mostra que o movimento superou em 70% o esperado. Marcílio Diniz proprietário do Armazém Medeiros, por exemplo, revela que em uma segunda -feira , dia normalmente de movimento baixo, ele chegou a vender cinco vezes a mais com o festival. “Essa 5ª edição está muito mais movimentada do que a anterior.  O festival é ainda uma boa maneira de trazer pessoas de diferentes regiões para conhecer os bares fora do seus circuitos de rotina”, comenta o José Batista Martins, proprietário do Bar do Zezé.

 Promoções

Para estimular que mais pessoas deixem o carro em casa quando forem beber, a  Uber,  patrocinadora oficial do Botecar 2018, preparou promoções para os participantes aproveitarem a prorrogação do festival.

A empresa oferece um desconto especial com a promoção EM BUSCA DO PETISCO PERFEITO, que será válida aos sábados durante toda a temporada. Para participar, o usuário deve sair de um dos bares do festival com destino a outro para ganhar descontos progressivos, que podem chegar a 30%. Quanto mais bares visitar, maior é o desconto. A lista completa de bares participantes está disponível em http://t.uber.com/temporadadebotecos.

Além disso, a promoção BOTEQUEIRO DE RESPONSA VAI DE UBER foi criada para incentivar os usuários a voltarem para casa de Uber, após beberem durante a semana. É também um incentivo para facilitar a chegada ao trabalho no dia seguinte, após curtir um Happy Hour nos botecos da Temporada: aqueles que forem embora do bar de Uber, recebem 20% de desconto para a viagem da manhã seguinte.

Para quem quiser, além de provar as delícias, pagando com o Interpag (via QR Code, no aplicativo do banco), os clientes ganham 20% de desconto nos pratos. E a Cachaça Decisão está  blitz nos bares do Botecar com degustação do produto.

Apuração dos votos

O resultado do prato vencedor será divulgado na festa Resenha, com data e local a serem divulgados.

Nesta  5ª edição, o festival  traz o tema Estrada Real. O estabelecimento que obtiver a maior nota total será eleito campeão desta 5ª edição. Os preços dos pratos, que podem servir de duas até quatro pessoas, variam entre R$ 26,90 a R$ 36,90.

O Botecar foi criado em 2014 com o objetivo de retomar as raízes da cultura tradicional de botecos, gerando um movimento de valorização, desenvolvimento e aprimoramento do segmento em Belo Horizonte. É legitimado pelo fato de ter entre os participantes alguns dos bares mais tradicionais e apreciados da capital.

Na 1ª edição, em 2014, o clima foi de copa do mundo, os pratos tiveram como pano de fundo, a bola e seus astros. Já em 2015 foi valorizada a diversidade cultural mineira, onde cada bar homenageou uma cidade de Minas Gerais com a qual tivesse ligações afetivas ou culturais. Em 2016 o tema foi Mineiridade, passando pela famosa cozinha seca dos tropeiros à suculenta cozinha das fazendas. Em 2017, com Quintais de Minas a ideia foi buscar inspiração na horta, pomar, chiqueiro e galinheiro. E agora em 2018, o tema Estrada Real com toda sua peculiaridade gastronômica oriunda da cozinha dos tropeiros.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

 

 

Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania realizará encontros regionais em seis municípios mineiros entre os dias 26 de março e 25 de abril

 forum pop rua

O Comitê Intersetorial de Acompanhamento e Monitoramento da Política Estadual da População em Situação de Rua, Comitê PopRua-MG, coordenado pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania (Sedpac), vai realizar etapas regionais em seis municípios mineiros entre os dias 26 de março e 25 de abril.

 O objetivo é colher propostas para a elaboração do Plano Estadual da Política para a População em Situação de Rua. Os encontros serão realizados nas seguintes cidades: Belo Horizonte, Betim, Uberlândia, Ipatinga, Montes Claros e Juiz de Fora.

Com as etapas regionais, o Governo de Minas Gerais, por meio da Sedpac, pretende acolher às demandas da população em situação de rua (PSR), levando em conta o contexto territorial e econômico.

As cidades foram escolhidas de acordo com o critério populacional, uma vez que os municípios de maior população costumam concentrar maior quantidade de pessoas com este histórico.

As etapas regionais contarão com roda de conversa com cidadãos em situação de rua. Também está prevista a realização de oficina aberta à rede de garantia dos direitos desta população, como o Ministério Público, a Defensoria Pública, os serviços municipais e outras instituições e organizações da sociedade civil ligadas à causa.

“Ao final de cada etapa serão realizadas eleições dos representantes regionais, que terão vaga garantida no encontro final, que acontecerá em Belo Horizonte”, afirma Tomaz Moreira, coordenador da Política Estadual para a População em Situação de Rua e um dos representantes da Sedpac no PopRua.

 

Inscrições

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas aqui. Qualquer pessoa pode participar. No dia do evento,também será possível fazer a inscrição a fim de garantir que as pessoas que não têm acesso à internet consigam participar.

A etapa final será realizada em Belo Horizonte, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), nos dias 11, 12 e 13 de junho. Na oportunidade será apresentado o documento resultante das propostas apresentadas no Fórum Técnico. O material vai subsidiar a elaboração de um anteprojeto de lei, que será encaminhado à ALMG.

 

Fórum Técnico

No ano passado, o PopRua firmou uma parceria com a ALMG para a criação do Fórum Técnico, que tem realizado reuniões periódicas para debater propostas que serão incorporadas ao Plano Estadual. O Fórum reúne deputados estaduais, Governo e sociedade civil para organizar a elaboração do Plano Estadual.

Pessoas que quiserem enviar sugestões e municípios que não receberão os encontros regionais poderão encaminhar suas propostas por meio de consulta pública, que será aberta no site da Assembleia Legislativa, na página do Fórum.

“Até o momento foi citada, de forma recorrente, a necessidade de capacitação dos profissionais que atuam com a população em situação de rua, nos mais diversos eixos, como assistência social, saúde e segurança pública”, destaca Moreira. 

“Também se frisou bastante a necessidade de maior integração entre as diversas políticas, como moradia, trabalho, assistência social, saúde, entre outras, para que as ações sejam mais coordenadas e tenham maior sinergia”, completa o coordenador.