Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

 

Acontece, nesse dia 19, próximo sábado, no auditório da Faculdade UNA, das 8 às 17hs, a 3ª Conferência de Política Urbana. É mais uma oportunidade de contribuição para a elaboração do Plano Diretor, que vai nortear as políticas públicas de Contagem para os próximos 10 anos, com revisões previstas de quatro em quatro anos.

Painel 01

O Gestor do Departamento de controle Ambiental Marcos Botelho explica o funcionamento do evento: “É uma determinação legal, prevista no Estatuto das Cidades, regulamentada pela Resolução 25, que determina que para que haja uma revisão do Plano Diretor, haja uma consulta popular. Portanto, os delegados eleitos em pré-conferências, se encontrarão agora, com o apoio técnico da prefeitura, nessa Conferência com o objetivo de conhecer as propostas das áreas técnicas do executivo, do legislativo, do setor produtivo e de toda a sociedade civil para a elaboração do Plano Diretor. É o momento em que a sociedade civil pode participar para a elaboração do Plano Diretor que é a lei mãe de toda legislação urbanística. Código de posturas, de obras, de saneamento básico, as leis de políticas ambientais, todas elas têm os seus parâmetros previstos no Plano Diretor.”

Depois da conferência, o material gerado passa por uma leitura técnica e é remetido para o COMPUR – Conselho Municipal de Políticas Urbanas, que é formado por 12 representantes da sociedade civil e 12 representantes do legislativo e do executivo, formando o Conselho de Cidades, para sua homologação. Este Instituto remeterá a documentação à Procuradoria municipal, para apreciação e formatação do projeto de lei. Então o material é remetido à Câmara Municipal que realiza uma audiência pública, onde a sociedade é novamente chamada a participar. Nesse momento é possível à população verificar se a proposta está adequada às necessidades da cidade, e, se necessário, propor modificações. Depois disso, os representantes do povo – que são os vereadores – ainda podem apresentar emendas, propostas, realizar debates, permitindo ainda nesse momento, a participação popular. Só a partir da aprovação na Câmara, é que o projeto é transformado em lei.

O Secretário de Meio Ambiente Wagner Donato exalta a participação efetiva da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade – SEMAS na elaboração do Plano Diretor atual: “Nossa participação vem da determinação do Prefeito Alex de Freitas de que Contagem deve ser pensada através do desenvolvimento sustentável. Considerando que 54% do território de Contagem está em APA’s (Área de Proteção Ambiental), e o restante participa da área de recarga da lagoa da Pampulha, além de termos outras cinco bacias hidrográficas, nada mais natural que a SEMAS assumir o protagonismo na elaboração do Plano Diretor. Estamos gerenciando este trabalho desde a fase de pré-conferências, do chamamento público, dos conselhos, das comissões técnicas, vamos participar da conferência como um dos membros organizadores e ainda, mesmo deixando de conduzir os trabalhos, vamos participar de todas as etapas restantes até a aprovação na Câmara.”

SERVIÇO:

Evento: 3ª Conferência de Política Urbana – Plano Diretor Contagem

Quando: 19 de agosto, das 8 às 17Hs

Local: Auditório da Faculdade UNA Contagem

Avenida João Cesar de Oliveira, 5775

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Mulher é casada com o empresário Enilson Custódio de Melo Barcelos, preso no dia 17 de julho, na cidade da Grande BH, suspeito dos crimes de lavagem de dinheiro e fraude em licitações do transporte escolar

Miss Minas Gerais Tatiane Kelen

A ex-miss Minas Gerais Tatiane Kelen foi detida na casa onde mora em Brumadinho, na Grande BH (foto: Marcos Michelin/EM/D.A.Press)

A mulher considerada maior símbolo da beleza do estado em 2005, a ex-miss Minas Gerais Tatiane Kelen Barbosa Alves Barcelos foi detida na manhã desta terça-feira, 15, na casa onde mora, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. 

A Polícia Civil confirmou a prisão da mulher, que é casada com o empresário Enilson Custódio de Melo Barcelos, preso no dia 17 de julho, em Esmeraldas, também na Grande BH, suspeito dos crimes de lavagem de dinheiro e fraude em licitações de transporte escolar em Esmeraldas. Tatiane Kelen é apontada como integrante do esquema e foi presa pela suspeita de lavagem de dinheiro, organização criminosa e outros delitos.

 


De acordo com o delegado Fábio Moraes Neto, Esmeraldas, o cumprimento do mandado de prisão da mulher é um desdobramento à operação Ptolomeu, da Polícia Civil, que foi realizada em julho, ocasião em Enilson foi preso. O pedido de prisão foi feito pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e concedido pela Justiça nessa segunda-feira. 

Logo após ser detida, Tatiane foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) de Ribeirão das Neves, na Grande BH e, em seguida, levada para o sistema prisional. A unidade não foi divulgada pela Polícia Civil.

OPERAÇÃO PTOLOMEU

Na primeira fase da Operação Ptolomeu, a Polícia Civil cumpriu mandados de prisão, busca e apreensão, e de condução coercitiva em Esmeraldas e Brumadinho, ocasião em que dois ex-prefeitos de Esmeraldas também foram presos preventivamente, Flávio Leroy e Glacialdo de Souza, além de outras 12 pessoas, incluindo Enilson. 

A assessoria da Polícia Civil informou ainda que outras quatro pessoas foram presas em flagrante. Durante a operação foram apreendidos documentos e veículos com o objetivo de confirmar os indícios de crimes contra o patrimônio público levantados durante a investigação. 

Uai

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Adolescente-perde-braço-Juatuba.jpgUm acidente nesta manhã, em Divinópolis, centro-oeste de Minas, deixou um adolescente de 14 anos sem um braço. O garoto colocou o membro para fora do ônibus em que viajava e o teve amputado ao colidir com um poste de iluminação.

A vítima passou por cirurgia no Hospital João XXII (HPS), em Belo Horizonte, para onde foi levado após receber os primeiros socorros ainda no local, quando teve o braço perdido conservado em gelo para uma tentativa de reimplante.

O HPS infirmou à reportagem, às 20h, que a cirurgia já havia finalizado e que a vítima foi conduzida ao CTI da unidade. O hospital não informou se o reimplante foi possível, mas salientou que a vítima recebeu todos os procedimentos de praxe para acidentes como este.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

 

Em respeito aos clientes do Bar do Rei e aos milhares de fãs e frequentadores do festival, a organização do Botecar de Verão - A Seletiva informa que o estabelecimento não participará da edição que começa no próximo dia 3 de novembro, conforme comunicado anteriormente.

Isso acontece porque um dos fornecedores do Bar do Rei não cumpriu os prazos acordados com o proprietário para reforma do local para melhor acolhimento dos clientes. Com o estabelecimento em obras, não é viável a participação no Botecar de Verão – A Seletiva.

Desta forma, o festival, que vai movimentar Belo Horizonte entre 3 e 27 de novembro, contará com 57 bares participantes, dos quais 42 já têm vaga garantida na edição de 2017 e 15 concorrem a sete vagas para o ano que vem.

Botecar de Verão – A Seletiva

28 de outubro de 2016

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

 

Com o tema “60 Anos do lançamento do livro Grande Sertão: Veredas”, evento promove intensa programação de atividades culturais e educativas gratuitas

 28-edicao-da-semana-roseana-movimenta-a-cidade-de-cordisburgo.jpg

O sertão mineiro e os neologismos são elementos indissociáveis da literatura de Guimarães Rosa, que conquistaram amplitude mundial. Como forma de reconhecer essa projeção, bem como para valorizar um talento que nasceu em Minas Gerais, aSecretaria de Estado de Culturalança a 28ª edição da Semana Roseana.

O evento movimenta o público e atrai turistas de todo país à cidade de Cordisburgo, terra natal de Guimarães Rosa, no período de 11 a 16 de julho de 2016 e conta com uma intensa programação de atividades culturais e educativas gratuitas.

Com o tema “60 Anos do lançamento do livroGrande Sertão: Veredas”,a Semana Roseana tem por objetivo promover a divulgação da obra de Guimarães Rosa, favorecendo seu conhecimento por meio de diferentes linguagens artísticas.

Para rememorar o escritor, estão previstas apresentações musicais e teatrais, exposições, feira gastronômica, oficinas, palestras, caminhada eco-literária e lançamento de livro. O ponto alto de toda a programação é a atuação do Grupo de Contadores de Estórias Miguilim, que acontece na abertura de vários eventos da programação e conta com narração de trechos da obra roseana. 

Para brindar a data, o Museu Casa Guimarães Rosa abre a exposição “Ave, Sertão”, com aquarelas das aves citadas noGrande Sertão: Veredas, de Dilce Laranjeira, na Sala de Exposições Temporárias, e “Acervo Disseminado - Potes do Sertão”, cerâmica, de Inês Antonini e Liliane Dardot.

Entre outros destaques estão a palestra a ser proferida pelas mais renomadas especialistas da obra de Guimarães Rosa, as professoras eméritas Walnice Galvão, da USP, e Eneida Maria de Souza, da UFMG.

Ressalta-se também a celebração da parceria entre o Instituto de Estudos Brasileiros (IEB/USP) e a Secretaria de Estado de Cultura, por meio da Superintendência de Museus e Artes Visuais (Sumav), com entrega de arquivos digitalizados e impressos das Cadernetas de Viagem de Guimarães Rosa.  Ambos os eventos acontecerão no dia 14 de julho, no Centro de Apoio ao Turista - CAT.

O secretário de Estado de Cultura, Angelo Oswaldo, sublinha o simbolismo da data. “A cada ano, no museu de Cordisburgo, a Semana Roseana é tempo de jubileu a reunir romeiros de toda parte na celebração do autor e de sua obra. Em 2016, a comemoração rebrilha nos números redondos da cronologia de Rosa”.

É admirável o envolvimento da população de Cordisburgo em relação à Semana Roseana, pois grande parte da programação é desenvolvida pelos próprios moradores, que se tornam atores, cantores, contadores de estórias, artistas plásticos, escritores. O resultado positivo está evidenciado no fato de estarmos comemorando a vigésima oitava edição do evento”. 

Andréa de Magalhães Matos, superintendente de Museus e Artes Visuais da SEC/MG

Sobre a Semana Roseana

A Semana Roseana é um evento de repercussão nacional que favorece o estreitamento dos laços entre a comunidade e o Museu. Além de seu valor cultural, o evento projeta Cordisburgo como um atraente destino para turistas nacionais e internacionais, e reafirma a vocação da cidade como referência para intelectuais, artistas, estudantes e professores.

A XXVIII Semana Roseana é uma realização da Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais, Superintendência de Museus e Artes Visuais (Sumav),  Museu Casa Guimarães Rosa (MCGR), Academia Cordisburguense de Letras Guimarães Rosa, Prefeitura Municipal de Cordisburgo, Associação dos Amigos do Museu Mineiro (AAMM), Associação dos Amigos do Museu Casa Guimarães Rosa (AAMCGR), Secretaria Municipal de Educação e Turismo de Cordisburgo. 

O evento conta com apoio do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB), Universidade de São Paulo (USP), Crea Minas/Crea Cultural, Câmara Municipal de Cordisburgo e Instituto Cultural Arraial do Conto, tendo patrocínio da Cemig, pelo edital Segov-MG.Clique aquipara conferir a programação completa.

1956-2016: 60 anos da obraGrande Sertão: Veredas

Um dos maiores divisores de águas da literatura brasileira ocorreu há seis décadas, em maio de 1956, quando a publicação de um romance de mais de 600 páginas, sem divisão de capítulos, revolucionou o mundo das letras. “Grande Sertão: Veredas” é o único romance escrito por João Guimarães Rosa e foi publicado no mesmo ano de "Corpo de Baile".

Obra-prima traduzida para muitas línguas, o livro possui uma narrativa em que a experiência de vida e de texto fundem-se numa obra fascinante e permanentemente desafiadora.