Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

*Wagner Dias Ferreira

O mês de maio traz fortes manifestações culturais à vida brasileira. Foi no 13 de maio de 1888 que se promulgou a lei de libertação dos negros brasileiros, que até ali eram escravizados, completando 130 anos agora deste feito. A lei não eliminou o racismo, o preconceito e nem abriu um lugar social digno para os negros. Esta é uma luta que se trava ainda hoje, a cada momento, no enfrentamento de cada olhar. Com organização e ação permanente. Tudo para implantação de uma justiça real, onde sejam observáveis os valores da liberdade e igualdade para todos.

Em maio, a igreja católica comemora o dia de Santo Ivo (19 de maio), o patrono da advocacia e da justiça. E, exatamente dentro deste mesmo mês, há, na história brasileira, o registro da abolição da escravatura. Desta forma, serão sempre associados os temas da negritude no Brasil com o da efetivação da justiça, e tendo como justiça a permanente ideia de realização da igualdade e liberdade.

Assim, toda atividade desenvolvida pelas comunidades negras no mês de maio são comemorações da preservação de sua cultura, mas antes de tudo, registros da luta pela igualdade e liberdade, no permanente combate ao racismo e outras manifestações de preconceito.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Edital prevê o preenchimento de 52 vagas de diversos cargos para capital mineira, interior de Minas Gerais e em Brasília (DF), além de formação de cadastro de reserva

emprego

A MGS abriu o Processo Seletivo Público Simplificado - PSPS 01/2018 para preenchimento de 52 vagas e formação de cadastro de reserva para 50 cargos. O edital e seus anexos estão disponíveis no portal da MGS (www.mgs.srv.br) e também no site da executora da prova Nosso Rumo (www.nossorumo.org.br). A Empresa contrata pelo regime celetista e oferece, como benefícios, seguro de vida em grupo e vale alimentação.

O processo 01/2018 será realizado com o intuito de atender a necessidade de pessoal para cargos não abarcados pelo processo Seletivo 03/2017 e aos certames cujos prazos de validade estão próximos. A MGS fez mais de 10 mil convocações referentes aos processos seletivos dos últimos 4 anos. Eles são realizados para suprir demandas dos clientes da Empresa e novos contratos, tendo como enfoque o melhor atendimento e apoiar a administração pública na prestação de serviços à sociedade.

As inscrições, que podem ser realizadas pelo endereço eletrônico do Instituto Nosso Rumo www.nossorumo.org.br, começaram hoje (07/05) às 10h da manhã e vão até o dia 28 de maio de 2018, sendo 29 de maio o último dia para pagamento do boleto bancário.

São oferecidas diversas oportunidades na capital mineira e mais de 100 cidades no interior de Minas Gerais, além de Brasília (DF). As ocupações englobam o nível fundamental completo/incompleto, médio/técnico e superior, com salários até R$ 5.413,30.

A Empresa orienta pela leitura completa e atenta do edital para que os candidatos possam participar tranquilamente do processo e sem problemas. As provas serão realizadas no dia 24 de junho de 2018. Os locais e horários serão informados oportunamente no site da empresa Nosso Rumo.

Os cargos disponíveis no PSPS 01/2018 são: agente de campo, ajudante de manutenção, almoxarife, artífice, auxiliar administrativo, auxiliar de atendimento, brochurista gráfico, capineiro, carregador (masculino), copeiro, costureira / bordadeira, cozinheiro, digitador, eletricista predial, frentista, garçom, hidrometrista, jardineiro, lavadeiro/ passadeiro, lavador de veiculos, limpador de vidros, médico do trabalho, mensageiro,   motociclista, motorista B, motorista D, motorista de ambulância, motorista de passageiros, operador de caixa, operador de caldeira, operador de cargas, operador de monitoramento, porteiro/ vigia, recepcionista, servente de limpeza, técnico contábil, técnico de edificação, técnico em informática, técnico em segurança do trabalho, tecnólogo em redes, telefonista, vigia motorizado, viveirista, agente de serviço de parque habilitado A, agente de serviço de parque habilitado B, agente de serviço de parque não habilitado, monitor ambiental, monitor ambiental habilitado A, servente de limpeza e vigia motorizado.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 

Realizado desde 2010, índice aponta morosidade, desigualdade de tratamento e alto custo como principais pontos fracos; foram ouvidos 644 advogados; margem de erro é de 3,9%

 

Em um índice que varia de 0 a 100 pontos, os advogados brasileiros dão nota 31,7 para a confiança que possuem na Justiça brasileira. Este é o resultado apontado pelo indicador final do Índice de Confiança dos Advogados na Justiça (ICAJ), pesquisa elaborada desde 2010 pela Fundace (Fundação para Pesquisa e Desenvolvimento da Administração, Contabilidade e Economia, ligada aos professores da FEA–RP/USP).

A pesquisa é coordenada pelos professores Claudio de Souza Miranda e Marco Aurélio Gumieri Valério, da FEA-RP/USP. “O objetivo da pesquisa é identificar e quantificar parâmetros que pesam na percepção de confiança na justiça. O resultado mostra uma melhora muito tímida nos últimos três anos e aponta também redução da confiança na justiça, na comparação com o resultado de 2011”, afirma Claudio Miranda.

O resultado indica uma leve evolução em comparação com a sondagem anterior, realizada em 2014, quando o indicador atingiu 30,8 pontos. Já na comparação com a primeira pesquisa, divulgada em 2011, houve queda de 1 ponto, com o indicador reduzindo de 32,7 para 31,7.

O indicador é composto por sete índices calculados de acordo com respostas dos advogados para questionamentos sobre: igualdade de tratamento, eficiência, honestidade, rapidez, custos, acesso e expectativa quanto ao futuro da Justiça brasileira.

A rapidez para tratar os litígios foi o índice que obteve a pior pontuação, o que reforça a percepção de morosidade. Foram apenas 13,9 pontos de 100 possíveis. Para 98% dos entrevistados, a solução de litígios é lenta ou muito lenta. Apenas 2% a considera rápida. O entendimento de que há lentidão é ainda mais presente no grupo de advogados que atuam com direito ambiental (nota 5,3) e que atuam no Norte e Nordeste, com notas 6,1 e 8,7, respectivamente.

O índice relativo à igualdade de tratamento recebeu a segunda pior nota: 26 pontos. Dentre os respondentes, 53,1% classificaram a Justiça brasileira como pouco igual. Outros 34,8%, a consideram nada igual; enquanto 12,1% a consideram igual ou muito igual. Os empregados do setor público têm percepção ainda maior de desigualdade da Justiça em comparação com sócios de escritórios de advocacia. O primeiro grupo deu nota 19,7 para a igualdade enquanto para o segundo grupo a nota foi de 29,5 pontos.

O quesito eficiência da Justiça também ajudou a reduzir a média do indicador. De acordo com 68,8% dos advogados a justiça brasileira é pouco eficiente, enquanto para 25,3% ela não é nada eficiente, resultando em um índice final de 26,9 pontos, apontando uma queda de 3,5 pontos em comparação com o resultado divulgado em 2011. Nesta questão, há diferença considerável entre a percepção dos profissionais que atuam no setor público para aqueles que atuam no setor jurídico de empresas. Para o primeiro grupo o índice foi 43,7 enquanto para o segundo de 29,6.

Já o índice relacionado ao acesso à Justiça somou 45,9 pontos e foi o que obteve maior pontuação, se aproximando do limite dos 50 pontos, acima do qual a percepção sobre o quesito passaria de negativa para positiva. Este também foi o único indicador que apresentou evolução em todas as cinco edições da pesquisa. Ainda assim, 57,3% dos respondentes ainda consideram o acesso à Justiça no Brasil de difícil ou muito difícil.

Com relação à honestidade, 56,7% dos entrevistados a consideram pouco honesta, enquanto 33,4% honesta. A região Norte do país foi a que mais considerou haver desonestidade na justiça, resultando em 36,8 pontos no índice, assim como os profissionais ligados ao Direito Penal, grupo para o qual o índice foi de 37,2 pontos.

As opiniões também se mostraram negativas quanto à perspectiva para a Justiça nos próximos cinco anos. Para 42,8% dos respondentes ela estará pior e para 18,6% muito pior, enquanto para 38,4% está melhor. Com 40 pontos este foi o pior resultado o quesito nas cinco edições do ICAJ. Em 2011, o índice para perspectivas futuras atingiu 48,2 pontos.

Índice de Confiança na Justiça – O ICAJ é composto por sete indicadores, cada um com quatro opções de respostas (duas positivas e duas negativas). O objetivo final dos 7 indicadores é criar um termômetro de confiança que irá variar de 0 a 100 pontos, sendo 0 uma situação de inexistência de confiança e 100 de confiança plena.

Para a edição 2018, a quinta edição nacional do indicador, 644 advogados, brasileiros, moradores em todos estados e do Distrito Federal responderam aos questionários individuais. A pesquisa é aplicada por e-mail com base principalmente nos cadastros do website da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e subseções. Desta forma, foram localizados aproximadamente 15 mil advogados, que tiveram sua confirmação de função através do Cadastro Nacional de Advogados (CNA).

Para cada um dos indicadores encontrados, foram feitas análises estatísticas para verificar se haveriam diferenças significativas de avaliação entre os subgrupos de caracterização dos advogados, sendo eles: sexo, região, tempo de militância, como atua no mercado (se profissional liberal, docente, sócio de escritório etc) e áreas de atuação.

A pesquisa na íntegra pode ser acessada em:

http://bit.ly/ICAJ2018

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

 

Marca de maquiagem de alta performance do Boticário traz novidades em embalagens, cores, fórmulas e texturas, com campanha estrelada por Gisele Bündchen

 

Make B., linha de maquiagem de alta performance do Boticário, está de cara nova. Embalagens ainda mais elegantes e sofisticadas, fórmulas evoluídas e conceito repaginado são as características mais evidentes da linha, mas que não alteram sua essência – o papel de conectar a consumidora urbana com o que há de mais novo no mundo da maquiagem, beleza e comportamento. E a primeira grande atualização de Make B. acontece em grande estilo. Ninguém menos do que Gisele Bündchen vem como estrela da campanha, que iniciou em rede nacional no dia 8 de abril. As novas embalagens já se encontram nas lojas do Boticário, revendedoras e e-commerce da marca (www.boticario.com.br).

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

dentista

 

Conceito Dental Day Clinic proporciona atendimento personalizado, rápido e humanizado, principalmente para pacientes com odontofobia

Foi-se o tempo em que ir ao consultório do dentista e ouvir o barulho do temido “motorzinho” era uma coisa difícil, penosa, quase doída. Atualmente, além de diversos procedimentos terem se tornado menos invasivos e, consequentemente, menos doloridos, há, ainda, a possibilidade de uma pequena internação, com direito a sedação: Dental Day Clinic ou Spa Odontológico.

De acordo com Dr. Paulo Coelho Andrade, dentista especialista em implantodontia e odontologia estética, tratamentos dentários, como implantes, extrações de sisos, reabilitação oral, facetas em porcelana e procedimentos de odontologia estética, costumam ser realizados através do Dental Day Clinic. “Para pessoas que possuem odontofobia – medo exacerbado do dentista –, todos os tratamentos odontológicos podem ser realizados com o auxílio da sedação”, afirma.

O profissional conta que são muitos os impactos positivos sobre a qualidade dos procedimentos e dos custos do tratamento. A intenção do Day Clinic é realizar o maior número de intervenções odontológicas possível em um único dia ou em poucos dias, pois os procedimentos são otimizados de forma a reduzir ao máximo o tempo dos tratamentos.

A sedação consiste em uma técnica onde o nível de consciência do paciente é reduzido para que o corpo não responda a estímulos físicos durante cirurgias ou procedimentos em geral. Realizada endovenosamente e sempre assistida por um médico anestesista, a sedação é diferente da anestesia geral.

O tratamento intensivo do Dental Day Clinic com sedação é extremamente vantajoso, pois durante todo o atendimento odontológico o paciente permanece dormindo, não vivenciando os procedimentos. “A sedação só pode ser realizada por clínicas que possuam blocos cirúrgicos e toda a aparelhagem adequada para tais procedimentos”, finaliza. 

 

Paulo Coelho Andrade

Mestre em Implantodontia pelo Centro de Pesquisas Odontológicas de Campinas e especialista em Implantodontia pela Associação Brasileira de Odontologia, ambos os títulos reconhecidos pelos Conselhos Estadual e Federal de Odontologia, já realizou mais de 50.000 implantes em 20 28 anos de implantodontia. Autor de vários artigos científicos, publicados dentro e fora do país, também é pós-graduado em Fixação Zigomática, Periodontia, Cirurgias Avançadas, Sedação e Odontologia Estética.

 

Serviço

Clínica Dr. Paulo Coelho Andrade

Av. Bandeirantes, 466 – Mangabeiras

Belo Horizonte - MG

(31) 3227-7076