Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

 

 

Com excelência no serviço prestado, a administradora de condomínios Apsa completa dois anos em Belo Horizonte com nove empreendimentos administrados na capital e na Região Metropolitana, mais do que dobrando, assim, a quantidade inicial de quatro empreendimentos no início das operações. E a carteira, além de não parar de crescer, também inclui novos empreendimentos que oferecem diversos serviços.

 

No início deste ano, por exemplo, dois conjuntos no bairro Ouro Preto entraram para o rol de clientes. Trata-se do Splendido e do Supremo Residence, construídos no antigo Clube do América. São duas torres, somando 128 unidades, cada empreendimento. Além de espaços tradicionais, como salão de festas e playground, os edifícios contam, por exemplo, com espaço gourmet. Ainda há espaço fitness completo, piscina, mini quadra gramada e espaços de descanso  do tipo “gazebo” e “solarium”.

 

A coordenadora regional da Apsa, Vanusa Vieira, explica que esses condomínios em BH não só possuem uma variada gama de serviços, como também funções para reduzir impactos ambientais. “Os moradores dispõem de mecanismos de coleta de lixo reciclável e óleo de cozinha, retenção de água da chuva e bicicletário”, conta. Ela esclarece que a Apsa é a síndica num destes condomínios, portanto, é responsável por todo o gerenciamento do condomínio, desde o treinamento de empregados à contratação de serviços terceirizados.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

 

Rede CeMAIS Criança e Adolescente terá ações em cinco regiões metropolitanas

Evento no dia 19 de abril apresentará proposta do projeto

Belo Horizonte, Salvador, Vitória, Rio de Janeiro e Goiânia são as regiões metropolitanas contempladas

O Centro Mineiro de Alianças Intersetoriais (CeMAIS) irá desenvolver em 2018 uma ação de fortalecimento do Sistema de Garantia de Direitos de Crianças e Adolescentes em cinco regiões metropolitanas. A ideia é aprimorar o fluxo de atendimento do Sistema de Garantia de Direitos das Regiões Metropolitanas de Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Vitória, Goiânia e Salvador.

Viabilizado com recursos do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), o projeto Rede CeMAIS Criança e Adolescente tem por objetivo fortalecer redes, entidades e fóruns da sociedade civil para promoção e defesa dos direitos humanos de crianças e adolescentes, aprimorando o fluxo de atendimento da rede do Sistema de Garantia de Direitos de Belo Horizonte e dos municípios de sua área metropolitana. Em Belo Horizonte, o evento de apresentação e lançamento do projeto acontecerá no dia 19 de abril, quinta-feira, às 14 horas, auditório do BDMG - Rua Bernardo Guimarães, 1.600, bairro de Lourdes, em Belo Horizonte. A inscrição é gratuita e pode ser realizada pelo link https://www.sympla.com.br/fortalecendo-o-sistema-de-garantia-de-direitos-na-regiao-metropolitana-de-belo-horizonte__269983.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

 

Especialista em direito do consumidor, Rodrigo Soares, alerta sobre as práticas abusivas mais recorrentes praticadas pelas administradoras dos cartões de crédito

cartao de credito

Hoje em dia, o cartão de crédito se transformou uma “mão na roda” para o consumidor. De 2012 para 2016 houve um aumento de 86% no número de crimes contra o patrimônio, de 23.186 para 43.120 registros. Com o grande número de assaltos, a insegurança em andar com dinheiro cresceu e a praticidade dos cartões também. Com a ampliação das promoções e dos programas de reversão de pontos, o número de consumidores subiu e, com isso, as reclamações em relação aos abusos praticados também.

"Antes proibida, desde junho de 2017 os comerciantes estão autorizados a oferecer preços diferenciados para pagamentos em dinheiro ou cartão de crédito ou débito. O valor não poder sofrer aumento, no entanto pode haver, sim, desconto para quem compra em dinheiro, por exemplo. A manobra estimula a concorrência entre as administradoras de cartão e possivelmente a queda no valor médio dos produtos", esclarece Rodrigo Soares, advogado especialista em direito do consumidor do escritório Nepomuceno Soares. Presente no artigo 39, inciso I, limitar valores para o fornecimento de produtos e serviços é uma prática recorrente e proibida, segundo o Código de Defesa do Consumidor – CDC. No entanto, o estabelecimento não é obrigado a aceitar pagamento com cartão.

Enviar cartões de crédito sem pedido prévio do consumidor é também uma ação praticada pelas empresas, mas reprovável. “Algumas empresas ainda enviam seus cartões aos usuários, mesmo que bloqueados, sem uma solicitação expressa do mesmo, com o intuito de tornar aquela pessoa seu cliente. Contudo, essa prática comercial é abusiva e pode acarretar ao fornecedor pagamento de indenização por danos morais”, explica Rodrigo. Em 2013, a 3ª turma do Supremo Tribunal Federal considerou que a prática viola o artigo 39, inciso III, do CDC, e autorizou o pagamento de indenização por danos morais, no julgamento de REsp do MP/SP contra uma administradora de cartão de crédito.

Apesar das práticas irregulares que alguns estabelecimentos executam, os benefícios do cartão, em comparação ao dinheiro vivo, se sobressaem aos olhos do consumidor. Ao presenciar uma ação errônea ou sentir-se lesado de alguma maneira, o cliente deve entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente – SAC da empresa e, se não obter êxito, abrir ação no Procon da cidade.

Rodrigo Soares

Graduado pela Universidade FUMEC, é especialista em direito do consumidor ou fornecedor. Atualmente é membro da Comissão da Defesa do Direito do Consumidor.

 

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

 

 

Em parceria com a Trench Rossi Watabane, o evento traz um final de semana de imersão tendo como
objetivo o cuidado com a governança familiar e saúde física e emocional

 

O Kurotel – Centro Médico de Longevidade e Spa localizado em Gramado (RS) está com uma programação especial para famílias. Em parceria com o escritório de advocacia Trench Rossi Watanabe, dos dias 19 a 22 de abril, o Kurotel realizará o evento Family Business Spa Weekend.

Será uma imersão com workshops que abordarão como um dos principais assuntos a gestão de patrimônio, mostrando aos participantes quais os melhores caminhos para seguir a fim de driblar os desafios que a governança familiar traz. Os palestrantes, todos integrantes do grupo de advocacia, são especialistas em planejamento sucessório, residência e estudo fora do país, investimentos no Brasil e exterior e trarão insights a respeito desses temas durante o encontro.

Durante o evento, os participantes ainda poderão usufruir do complexo Kurotel e terão a oportunidade de desfrutar de meditação, terapias do Spa, alimentação gourmet saudável, palestras com a equipe multidisciplinar, momento em que receberão orientações para ter uma vida mais saudável e longeva.

Os interessados poderão obter mais informações sobre disponibilidade e reservas pelos canais de comunicação com o cliente Kurotel: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e (54) 3295-9393, 0800-9709800.

 

SOBRE O KUROTEL - Com 36 anos, o Kurotel - Centro Médico de Longevidade e Spa de Gramado (RS) engloba um variado portfólio de serviços focados na promoção da saúde e do bem-estar, estimulando as pessoas a se comprometerem com um estilo de vida mais saudável, longevo e sustentável. Membro do Healing Hotels of the World, eleito como "Melhor Centro Médico das Américas" por três anos consecutivos pelo World Luxury Spa Award e acreditado pela Wellness for Cancer como um dos mais completos centros de tratamento pós-câncer na área de spas. Possui 10 programas com atividades focadas na promoção do emagrecimento, melhora do condicionamento físico, da memória, do controle de estresse & ansiedade, entre outros, com duração que varia de 4 a 7 dias. Também oferece a possibilidade de hospedagem personalizada e Day Spa.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

 

 

Mutirão para arrecadação de itens de inverno tem postos de coleta estratégicos em Belo Horizonte. Mais de 30 mil peças foram arrecadadas ano passado

 

O inverno de 2018 pode ser tão rigoroso quanto o do ano passado segundo os especialistas. Diante da previsão de temperaturas mais baixas, o momento é de prestar solidariedade a quem não tem meios de se proteger do frio.

Por isso, pelo quarto ano consecutivo, o Servas reabre a campanha Calor Humano. As doações podem ser entregues em diversos postos distribuídos em locais estratégicos na capital mineira.

Serão arrecadadas roupas de inverno, sapatos e cobertores para serem doados às instituições de acolhimento de crianças, jovens e idosos e centros de referência à população em situação de rua em todos o estado de Minas Gerais, além de prefeituras.

Em 2017, quando foram registradas temperaturas negativas em algumas regiões do estado, as doações ultrapassaram os 30 mil itens.

As doações possibilitaram ajudar 35 instituições de 30 municípios mineiros. “A campanha Calor Humano cresce a cada ano e esperamos que em 2018 não seja diferente. O último inverno foi intenso e conseguimos, com a solidariedades dos mineiros, atender instituições de toda Minas Gerais”, comemora Carolina Pimentel, presidente do Servas, que espera aumentar a rede de solidariedade para ajudar ainda mais as instituições que cuidam de quem mais precisa.

A campanha de inverno do Servas foi lançada em 2015, quando mais 13 mil peças, entre agasalho e roupas, foram recebidas. Em 2016, esse número saltou para 24.427 itens de frio.

“Esse ano, esperamos contar novamente com a solidariedade e a ajuda da população para aumentar ainda mais o número de peças doadas. A previsão é que o inverno seja tão rigoroso quanto o de 2017”, diz a diretora de assistência social do Servas, Maria Cristina Aires.

Uma das instituições atendidas pelo Servas, em 2017, foi a Casa de Repouso Ana de Souza e Silva, em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A casa abriga 40 idosos, sendo 17 homes e 23 mulheres e precisa de muita ajuda, especialmente no período mais frio do ano.

“Os idosos da nossa casa são carentes e suas famílias também. Para nós, foi um período do ano dramático e as doações ajudaram a minimizar o frio intenso. A maior parte dos abrigados na casa não conseguem andar e são dependentes. Todas as roupas usadas por eles, inclusive os agasalhos, precisam ser lavadas todos os dias”, conta Maria Cleusa Justino de Campos, responsável pela instituição.

 

Postos de coleta:

Servas

- Avenida Cristóvão Colombo, 683 – Funcionários

Cidade Administrativa

- Rodovia Papa João Paulo II, 4.001 - Bairro Serra Verde

 Shopping Diamond Mall

- Avenida Olegário Maciel, 1.600 – Lourdes

BH Shopping

- BR 356, 3.049 – Belvedere

Shopping Pátio Savassi

- Avenida do Contorno, 6061 – São Pedro

Academia Cia Atlética

- Avenida Olegário Maciel, 1.600 – Lourdes (Shopping Diamond Mall)

Rede Minas

- Rua Tenente Brito Melo, 1090 – Barro Preto

Centro Universitário Newton Paiva

- Avenida Silva Lobo, 1730

Centro Universitário Una

- Rua dos Guajajaras, 175 – Centro

Cruzeiro – Sede administrativa

- Rua Timbiras, 2903 – Barro Preto

Supermercados Verdemar        

*Unidades Buritis, Raja Gabáglia, Sion, Jardim Canadá e Savassi

Precon Engenharia

- Rua Albita, 131 – Cruzeiro

Linx Sistemas e Consultoria

-  Avenida Barão Homem de Melo, 3.280 – Estoril

Palácio das Artes

- Avenida Afonso Pena, 1.537

 *As unidades do Supermercado Verdemar começarão a receber as doações a partir de 1º de maio