Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Redes sociais têm erro para postar fotos no feed e nos Stories; WhatsApp também passa por bug

O Instagram apresenta erro ao postar Stories ou foto no feed, segundo relatos de brasileiros nesta quarta-feira (3). A rede social não permite fazer posts na ferramenta de Stories nem pelo feed. O Facebook também enfrenta instabilidade hoje, e exibe erro ao carregar imagens na linha do tempo ou em perfis. Além destes, o WhatsApp opera com bugs em fotos e áudios. O problema afeta os apps para celular Android e iPhone (iOS), além da versão web.

WhatsApp tem instabilidade e não baixa áudio ou faz download de imagens


No Instagram, ao tentar publicar fotos, o app exibe uma mensagem de erro: “Falha ao carregar. Tentar novamente”. De acordo com notificações do Downdetector, site que reúne problemas em serviços digitais, o bug na rede social de foto começou a partir das 10h, e está focado no Brasil, Estados Unidos e Europa.

Segundo reclamações no Twitter, o Instagram está instável, e não permite postar fotos no feed ou no Stories. O Downdetector registrou pico de mais de 500 notificações de erro a partir das 10h, e regiões do Brasil, Estados Unidos e Europa enfrentam problemas. Mensagens de erro de conexão na rede social acusam que é impossível subir imagens no momento.

á o Facebook também passa por instabilidade e está com problemas para exibir imagens na linha do tempo e em perfis de usuários. Espaços em branco aparecem no lugar de fotos de capas e publicações novas, por exemplo. A rede social chega a mais de 500 reclamações a partir de 10h30, no Downdetector.

Procurado pelo Jornal, o Instagram ainda não se pronunciou sobre o bug. O Facebook reconheceu o erro e declarou estar trabalhando para resolvê-lo.

"Sabemos que algumas pessoas e negócios estão com problemas para carregar ou enviar imagens, vídeos e outros arquivos em nossos aplicativos. Estamos trabalhando para normalizar a situação o mais rápido possível."




Techtudo

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

 

Dicas de segurança, serviços e informações de interesse do cidadão estão entre os destaques da nova plataforma

Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) disponibilizou à população o novo site institucional com diversas dicas de segurança e outras aplicabilidades que poderão auxiliar no dia a dia. Algumas dicas se referem à segurança patrimonial, residencial, segurança na internet e nas redes sociais, dentre outras.

Segundo a Assessora de Planejamento Institucional da PCMG, delegada-geral Carolina Bechelany, a nova ferramenta busca aproximar a Polícia Civil do cidadão e facilitar o acesso à informação e a mecanismos de proteção social. "Em breve lançaremos um e-book com mais dicas de segurança, que também será disponibilizado no novo site", conta.

As dicas de segurança e outros serviços de interesse do cidadão estão disponíveis na página inicial e também podem ser acessados por meio do menu Serviços, no sub menu Investigação e Polícia Judiciária. 

 

Responsabilidade social

Como outra novidade, o novo site disponibiliza notícias a respeito das ações sociais realizadas pela Polícia Civil em diversas áreas, que visam melhorar a qualidade de vida de comunidades ou grupos sociais específicos. Esse conteúdo pode ser encontrado na página Responsabilidade Social.

 

Outras informações

Informações de interesse do cidadão que necessitam de algum serviço prestado pela Polícia Civil de Minas Gerais agora estão disponíveis de forma mais ágil e simples no novo site.

Os serviços foram agrupados nos eixos Investigação e Polícia Judiciária, Trânsito e Identificação Civil, ajudando o cidadão a encontrar de forma simples a informação desejada. Para visualizar o conteúdo a respeito dos serviços prestados pela instituição, basta que seja feito o acesso à página Serviços e, em seguida, seja feita a escolha da opção desejada.

O cidadão também poderá procurar o endereço da unidade policial mais próxima, acessando a página Unidades. Caso necessite de outras informações, dentro do menu Atendimento há um link para Dúvidas Frequentes e também a opção do Fale Conosco, onde é possível enviar uma mensagem para a Polícia Civil.

Outras informações institucionais, tais como a visão, missão, valores, diretrizes, concursos e carreiras da Polícia Civil foram disponibilizadas de forma objetiva de modo a facilitar o entendimento para a população. Esse conteúdo pode ser acessado pelo menu Institucional.

Todas estas informações podem ser acessadas por meio do novo site da PCMG pelo endereço www.policiacivil.mg.gov.br


Foto (crédito): reprodução

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

 

Também foi aprovado em 2° turno o PL 3.730/16, que prevê que a que a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) manterá banco de dados com o registro de dados pessoais de guardadores e lavadores de veículos no Estado.

De autoria do deputado Sargento Rodrigues (PTB), o projeto foi aprovado em sua forma original.

O projeto estabelece que no banco de dados constarão, entre outras, as seguintes informações: nome completo; filiação; data de nascimento; número do documento de identificação; endereço residencial; local onde o identificado presta seus serviços; e fotografia do identificado. As informações deverão ser atualizadas periodicamente pela PMMG e o acesso ao banco de dados obedecerá ao disposto na Lei n° 13.968, de 2001.

 

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

 

A transmissão do cargo ocorrerá após a declaração de posse pelo presidente da ALMG, em solenidade no dia 1º de janeiro.

 

No dia 1º de janeiro de 2019, a partir das 9 horas, a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) dará posse ao governador eleito Romeu Zema (Novo) e ao seu vice, Paulo Brant (Novo), em Reunião Solene de Plenário.

Eles chegarão à ALMG pelo Hall das Bandeiras, passarão por um corredor formado pelos Dragões da Inconfidência, grupamento de honra da Polícia Militar do Estado, e serão recebidos por uma comitiva de deputados.

Juntos, passarão por prefeitos, vice-prefeitos e presidentes de câmaras municipais e se encaminharão até o Plenário, onde Romeu Zema e Paulo Brant serão saudados pela cúpula de aço de cadetes do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. Em seguida, haverá a execução do Hino Nacional.

Durante a cerimônia, o governador eleito e seu vice entregarão suas declarações de bens ao presidente da ALMG, deputado Adalclever Lopes (MDB), que conduzirá a solenidade.

Depois, será firmado o compromisso constitucional, com leitura do termo de posse, assinado por ambos. O deputado Adalclever Lopes os declarará empossados. Eles também receberão exemplares das Constituições Federal e Estadual.

Neste momento, ocorrerá a transmissão do cargo de governador, antes realizada no Palácio da Liberdade, a principal novidade da programação da solenidade de posse, que terá ainda discursos do governador e do presidente da ALMG.

Ao final da cerimônia, Romeu Zema e Paulo Brant deixarão o Plenário passando novamente pela cúpula de aço formada por cadetes do Corpo de Bombeiros.

No mesmo dia, às 11 horas, haverá uma solenidade de início da nova gestão do Governo do Estado, na Cidade Administrativa.

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Proposição recebeu parecer que opina pela legalidade, mas comissão propõe novo texto.

A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou, nesta quarta-feira (7/11/18), parecer pela legalidade do Projeto de Lei (PL) 2.170/15, que institui a Política Estadual de Utilização Sustentável dos Veículos de Tração Animal – VTA e a retirada gradativa de tais veículos nos perímetros urbanos do Estado. O PL é de autoria dos deputados Fred Costa (PEN), Noraldino Júnior (PSC) e Anselmo José Domingos (PTC).

O relator da matéria, deputado Bonifácio Mourão (PSDB), opinou pela aprovação do projeto na forma do substantivo nº 1, que apresentou. A proposição estabelece programa de governo com a previsão de ações concretas para a utilização de veículos de tração animal. No entanto, conforme o parecer, a elaboração e execução de planos ou programas são atividades de competência do Executivo.

Assim, por considerar que as atribuições escapam ao rol daquelas vinculadas ao Legislativo, o relator propôs um novo texto. Foram alterados, em especial, a redação do artigo 2º, a fim de sanar o “vício de competência”. No lugar de dispositivos com comandos como “criação de programas de capacitação e treinamento profissional” ou “desenvolvimento de projetos”, foram inseridos enunciados que tratam do estímulo a essas ações.

Dessa forma, o projeto fixa diretrizes para a política pública, iniciativa que cabe ao Parlamento mineiro, cabendo ao Executivo a sua implementação ou execução. Corrigidas as incorreções técnicas, foram mantidos os aspectos da proposição que visa ainda à inclusão social e produtiva dos trabalhadores e à substituição dos veículos de tração animal por equipamentos que não operam com animais.

Subcategorias