Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Mais de 200 cidades mineiras já foram contempladas com destaque para Uberlândia, Alfenas, Barbacena, Juiz de Fora, Betim e Viços. Betim já recebeu o primeiro repasse, em 6 de abril, no valor de R$ 55 mil

A deputada Dandara Tonantzin (PT/MG) foi parte da articulação junto ao governo federal para garantir mais recursos para reduzir as filas do SUS em diversas cidades de Minas Gerais. O Programa Nacional de Redução das Filas de Cirurgias Eletivas foi lançado em fevereiro pelo governo federal e, em final de março, destinou R$ 200 milhões para todos os estados da federação com objetivo de reduzir as filas de cirurgias eletivas, principalmente abdominais, ortopédicas e oftalmológicas.

Os recursos do Programa estão previstos a partir de um cálculo baseado na população dos estados. Respeitando essa distribuição per capita, os recursos financeiros disponíveis em 2023 para o Programa Nacional é de R$ 60 milhões para o estado mineiro com objetivo de diminuir as filas para cirurgias eletivas, exames complementares e consultas especializadas, inclusive com foco em tratamentos para pessoas com câncer, no SUS.

Na segunda etapa, o esforço estará voltado para os exames e as consultas de especialistas. Para ter acesso aos recursos, cada estado deverá apresentar um plano de ação, que deve fixar as prioridades conforme a realidade local.O restante (R$ 400 milhões) será repassado de acordo com a produção apresentada de cirurgias realizadas.

“Quem espera meses por uma consulta sabe que esses recursos são fundamentais e podem salvar vidas. Uma das pautas primordiais do nosso mandato é a defesa intransigente do SUS, afinal é a garantia de saúde para todos. Além de articular em conjunto com o governo para garantir esse orçamento para amenizar as filas, vamos seguir trabalhando para avançar na regulamentação da gestão eficiente e transparente das filas de espera no SUS com agendamento on-line, com tempo máximo de espera e acompanhamento pela internet”, explica Dandara.

Mais de 200 cidades mineiras já foram contempladas, entre as principais estão: Alfenas (R$ 1.116.673,87), Araguari (R$ 385.040,02), Araxá (R$ 362.260,22), Barbacena (R$ 628.171,66), Betim (R$ 1.194.868,11), Campina Verde (R$ Frutal (R$ 34.512,84), Juiz de Fora (R$ 1.442.502,29), Ituitutaba (R$ 482.129,24), Pato de Minas (R$ 876.865,32), Patrocínio (R$ 372.293,78), Prata (R$ 67.180,43), Rio Paranaíba (R$ 17.349,71), Sacramento (R$ 163.083,79), São Gotardo (R$ 269.790,95), Uberaba (R$ 751.123,62), Uberlândia (R$ 1.426.321,75) e Viçosa (R$ 291.900,58).


Copyright © 2024 Jornal Tribuna de Betim Online - Notícias. Minas Gerais - Todos os direitos reservados.
 Betim - MG - Brasil