A Secretaria de Estado de Turismo e Esporte e o Sistema Estadual de Cultura, composto pela Secretaria e as fundações vinculadas, participaram, na tarde de hoje, sexta-feira (07/11), na Cidade Administrativa, das duas primeiras reuniões temáticas com a Comissão de transição do governador eleito. Cada Secretaria apresentou documentos com dados específicos que complementam o material já repassado pelo Governo, na reunião da última segunda-feira (03/11). A Comissão de Transição do governador eleito recebeu ainda a segunda parte dos documentos básicos e arquivos digitais.

 

As duas reuniões foram presididas pela secretária de Estado da Casa Civil, Maria Coeli Simões Pires, e pela secretária de Estado de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena, responsáveis pela coordenação da transição pelo Governo atual.  A comissão indicada pelo governador eleito foi representada oficialmente por Helvécio Miranda Magalhães Júnior, que foi acompanhado, na reunião da secretaria de Cultura, por Helvécio Raton.

 

Na primeira reunião, o secretário de Turismo e Esporte, Tiago Lacerda, entregou à Comissão de Transição documentos complementares referentes a avanços obtidos entre 2003 e 2014, projetos, programas e ações em andamento. Também foram encaminhados dados sobre o trabalho realizado pela Coordenadoria Especial da Copa do Mundo (Cecopa), como as principais entregas, os legados e as pesquisas realizadas referentes ao período da Copa do Mundo. Também participaram da reunião o secretário adjunto, Mário Queiroz Neto, os subsecretários de Turismo, Silvana Melo Nascimento, e de Esportes, Adenilson Idalino de Sousa.

Mais de 360 assessores doaram R$ 1,38 milhão para a campanha de deputados e senadores, revela a Revista Congresso em Foco. Contribuições, muitas em valor acima do salário, foram de livre e espontânea vontade, dizem congressistas

Paulo Negreiros

Metade da bancada petista na Câmara recebeu doações de assessores. Deputados negam coação

 

Roriz, Sarney, Argôlo, Lira, Lessa e mais 93 sobrenomes. Veja quais são os candidatos familiares de políticos que querem uma cadeira de deputado federal

Sarney e Virgílio: dois dos políticos experientes cujos herdeiros podem levar influência familiar adiante no Congresso - Foto: Agência Senado

 Em discurso da tribuna da Câmara, a deputada federal Jô Moraes (PCdoB/MG) dirigiu-se hoje (28) aos governos em todos os níveis e à sociedade em geral em prol da melhoria do Serviço Público e em defesa dos direitos do servidor público: “Melhorar os serviços públicos é um clamor e uma necessidade reais. Mas isto só se dará se o servidor público for valorizado através de planos de carreira; de remuneração justa e de respeito à sua organização sindical”, disse.

Direita tenta usar 'instrumento' para retornar ao poder, diz Boaventura
Sociólogo diz que autonomia brasileira incomoda os EUA. 'Tive o cuidado de ver o programa da Marina e uma das coisas que diz é, no fundo, voltar ao alinhamento do Brasil com os Estados Unidos'

Neco Varella/EFE

 

Boaventura_EFE_Neco Varella