A Parma Eventos, empresa responsável pela Expocasório, maior feira de noivas de Minas Gerais, irá promover na próxima quarta-feira, dia 13, no Espaço Floricultura, um coquetel de confraternização para apresentar a edição especial de 10 anos da feira, que acontecerá no próximo ano nos dias 24, 25 e 26 de agosto. Para comemorar uma década de sucesso, a Parma organiza ess festa destinada aos expositores. Neste ano, a 9ª edição da Expocasório contou com 120 estandes, 143 expositores e um público visitante de aproximadamente 7.500 pessoas.

Serviço

Coquetel de apresentação da edição especial de 10 anos da Expocasório

Data: 13/09/2017

Horário: 19h

Local: Espaço Floricultura

Endereço: Av. Raja Gabáglia, 4678 - Santa Lucia, Belo Horizonte

 

Grife de tapetes apresenta peças protagonizadas por um dos maiores e mais respeitados símbolos de boa sorte orientais

Carpa 1 Grey, Carpa 2 Mix Color, Carpa 1 Rust e Carpa 3 Mix Color, respectivamente.

De origem chinesa, a Carpa - que também é conhecida como Koi ou Karpa Koi - é um peixe que vive em água doce. Cheia de simbolismos, ela tem diversos significados místicos na cultura oriental, como um sinal de boa sorte, sucesso, virilidade, sabedoria e resistência. Inspirados por essa espécie de peixe e pela arte da tecitura, a by Kamy lança a Coleção Carpa. Únicas, as peças são confeccionadas em lã, algodão e seda na Índia. Cada tapete apresenta características próprias, que conferem a cada uma delas vivacidade e distinção. Os tapetes Carpa são tufados e macios, ideais para salas de TV, livings e quartos, conferindo charme e beleza a esses ambientes.

Coleção Carpa
Produção Industrial
País de origem: Índia
2,90m x 2,0m
60% lã 20% algodão e 20% seda

by Kamy
www.bykamy.com.br

PLatynum_Visage-BH2.jpg

Hair stylist do salão Platinum Visage dá dicas para deixar as madeixas mais bonitas durante a estação mais fria do ano

Uma das épocas mais elegantes do ano – o inverno – pode ser também uma das mais desastrosas para pele e cabelos. Isso acontece porque, como o tempo é mais seco, o cuidado deve ser redobrado. Como nem todos sabem disto, muitos acabam se descuidando e, quando percebem, o cabelo já está fragilizado. Baixa umidade, água quente, secador e chapinha são os grandes vilões que assombram as mulheres no inverno, causando ressecamento, frizz, oleosidade e até queda intensa.

Além dos efeitos nocivos da estação nos cabelos, é natural que a temperatura do chuveiro suba para um delicioso banho quente. Embora esta seja uma atitude que traz bem-estar, a água quente resseca muito os fios, além de estimular o óleo natural do couro cabeludo. “Cabelos ressecados perdem o cimento intercelular (responsável pela coesão da fibra capilar) e acabam ganhando um aspecto áspero, deixando a tonalidade opaca e perdendo a elasticidade”, afirma Rondy Gonçalves, hair stylist do Platinum Visage. 

Além dos fios visualmente danificados, o profissional conta que cabelos ressecados podem ter alterações na cor quando pintados. “Fios porosos, por terem as cutículas abertas, tendem a absorver mais as colorações, podendo modificar o resultado final”, explica. O profissional conta que, além da cor modificada, a coloração tende a durar bem menos, desbotando com muita facilidade. Para a recuperação destes fios, é importante investir em tratamentos avançados que devolvam a saúde da fibra do cabelo.

De acordo com Rondy, a dica é tratar bem as madeixas antes mesmo de colorir. Na hora de higienizar e cuidar dos cabelos devem ser utilizados produtos que tenham maior quantidade de lipídios. “Produtos com tecnologia de ponta possuem maior quantidade de óleos e baixo teor de silicone, garantindo hidratação sem aumento da oleosidade. Cabelos que passam por processos de coloração devem ser normalmente hidratados. No inverno então, esse cuidado deve ser redobrado” esclarece.

Na hora de tomar banho a água deve ser morna e, ao final, pode-se dar um jato de água fria nos fios para fechar as cutículas, conferindo vigor aos cabelos. “A água muito quente pode até descamar o couro cabeludo, originando a caspa, além de inflar as escamas e deixar o cabelo mais cheio”, afirma. O protetor térmico deve ser sempre utilizado antes do secador, pois, além de polir e proteger do calor, dá um grau de fixação maior aos fios, garantindo cabelos bonitos por mais tempo.

Durante o inverno, principalmente, a hidratação é uma premissa para quem deseja ter os fios bem tratados. O ideal é que ela seja feita a cada 15 dias ou semanalmente para cabelos com química ou outros agentes agressores. O profissional ressalta que o uso do finalizador deve ser constante, pois o mesmo possui efeito cumulativo, tratando e oferecendo mais benefícios às madeixas. “Os finalizadores em óleo garantem uma boa “maquiagem” aos fios, além de promover o efeito interno. Os reparadores de ponta, normalmente feitos de silicone, possuem moléculas grandes, que além de deixar o cabelo pesado e oleoso, não tratam” conclui. 

Olheiras.jpg

As olheiras imprimem um aspecto cansado, para baixo. Por isso, técnicas de maquiagem estão sendo utilizadas para camufla-las

O novo perfil da mulher moderna é multitarefas. Ela costuma ter jornada dupla e pouco tempo para se dedicar à beleza. A rotina corrida causa, além de cansaço e estresse, marcas de expressão indesejáveis como, por exemplo, as olheiras. De acordo com Ramiro Cerqueira, hair stylist e consultor de imagem do salão de beleza Office Hair, os corretivos coloridos são ótimos aliados para disfarçar as olheiras e dar aquele toque especial às maquiagens.

“Deixar a pele com aspecto mais natural tornou-se o desejo da maioria das mulheres. Com isso, elas buscam soluções práticas para eliminar as marcas de expressão. Corretivo colorido alinhado à base cremosa do mesmo tom da pele são capazes de esconder as olheiras, além de deixar a pele com um aspecto harmonioso”, conta Ramiro. Ele esclarece algumas dúvidas e dá dicas indispensáveis na hora de escolher o corretivo ideal:

  • Olheira Roxa ou azul (peles claras) – As olheiras arroxeadas ou puxadas para um tom azulado são causadas pelo acúmulo de vasinhos sob a região da pele fina que fica abaixo dos olhos ou pela má circulação sanguínea. Elas podem se agravar devido a insônia, rinite alérgica, cigarro e alimentação, por exemplo. O corretivo indicado neste caso é o de cor amarela, que irá neutralizar de forma harmoniosa as olheiras.
  • Olheira Marrom (peles morenas) – As olheiras marrons podem ocorrer com mais frequência em peles morenas devido ao fato de possuírem maior teor de melanina na pele. Elas podem ser decorrentes de causas genéticas ou até questões alérgicas. Sendo assim, o corretivo em tom salmão irá disfarçar de forma sutil as manchas sem evidenciar o uso da maquiagem.
  • Olheira Vermelha – As olheiras avermelhadas geralmente ocorrem devido ao aumento dos vasos sanguíneos na região. Neste caso, a cor indicada é o verde – na cartela de cores é a cor oposta à vermelha – que neutraliza de forma eficiente a indesejável marca de expressão.

Serviço

Ramiro Cerqueira – salão Office Hair

Rua Bernardo Guimarães, 2033 – Lourdes – Belo Horizonte – MG, 30140-082

(31) 3335-2802

Instagram: @salaoofficehair

Facebook: @salaoofficehair

Maison_Rocha_BH.jpg

Tempo seco, banhos quentes, secador, chapinha e química. Diariamente suscetíveis a danos, os cabelos podem precisar de diferentes tratamentos – ou da junção de todos eles – para recuperar sua saúde e beleza

Ter cabelos saudáveis, bem nutridos e com brilho é o desejo da maioria das mulheres. Entretanto, é necessário saber o que as madeixas realmente precisam na hora do cuidado, utilizando os produtos certos.  Para que tudo ocorra sem erros e o resultado final seja satisfatório, Rosângela Rocha, hair stylist do Maison Rocha, indica distintos tratamentos de acordo com a necessidade de cada fio ou a junção de todos eles – um tratamento completo, chamado Cronograma Capilar – que consiste em hidratação, nutrição e reconstrução dos fios.

A profissional explica a diferença entre os três procedimentos, que também são complementares, dependendo de cada caso. “A hidratação é utilizada para repor água e umidade aos fios; a nutrição repõe os lipídeos, mantendo os cabelos mais alinhados; e a reconstrução devolve a massa e as proteínas, reestabelecendo força aos cabelos”. Rosângela conta que a hidratação ajuda a deixar os fios mais macios e maleáveis e que, apesar de poder ser feita quantas vezes forem necessárias, o ideal é uma vez por semana.

Já para quem deseja diminuir o volume e tornar o fio mais saudável, a etapa mais indicada é a nutrição, que deve ser realizada a cada dez dias. No entanto, ela frisa que, como a reposição é de lipídeos, ou seja, de gordura, as pessoas que tem cabelos oleosos devem fazer um intervalo de quinze em quinze dias. “Como a nutrição repõe óleos, o seu excesso pode piorar ainda mais oleosidade, deixando os cabelos com aparência de sujo e favorecendo a queda”, esclarece.

O último tratamento do cronograma capilar sugerido pela profissional é a reconstrução. “Indicada principalmente para pessoas que tiveram os cabelos danificados por procedimentos químicos, além de cabelos frágeis e tendentes à queda, a reconstrução capilar repõe as propriedades naturais do cabelo, reestruturando a fibra capilar e reparando fissuras”. Recomendada uma vez ao mês, pois seu excesso pode deixar o fio poroso e quebradiço.

A profissional ainda dá dicas de produtos para quem deseja realizar o cronograma em casa, entretanto, ressalta que a melhor opção é realizar o tratamento no salão de beleza, com um profissional capacitado.

  • Hidratação: reposição da água

Produtos: A linha Cronologiste da Kérastase e a linha Luxe Oil da Wella;

Frequência: Para cabelos saudáveis, uma vez por semana já está de bom tamanho. Entretanto, para quem possui cabelos danificados, duas vezes é o ideal.

  • Nutrição: reposição dos óleos

Produtos: A linha Nutritive da Kérastase é uma indicação de Rosângela para quem deseja os fios mais nutridos e brilhantes.

Frequência: Para cabelos normais ou secos, a rotina de nutrição pode ser feita de 10 em 10 dias. Porém, pessoas que possuem cabelos oleosos, a nutrição deve ser feita de 15 em 15.

  • Reconstrução: reposição das proteínas

Produto: Para reconstruir os fios, a linha Therapiste, da Kérastase, e a Enrich, da Wella, são as indicações.

Frequência: A reconstrução deve ser feita mensalmente, com exceção de duas vezes mensais apenas para quem está com os fios extremamente danificados.

Maison Rocha Hautte Coiffeurs
Rua General Andrade Neves, 57 – Gutierrez – Belo Horizonte - MG
(31) 3334-4470
Site: www.maisonrocha.com.br
Facebook: @maisonrochaoficial
Instagram: @maisonrocha